quarta-feira, 13 de maio de 2009

Coluna do Rubens: Direto da Espanha

Esta semana recebi da assessoria de Rubens Barrichello a 'Coluna do Rubens'.
Então publico ela na integra. Aqui o piloto fala o que aconteceu realmente no GP da Espanha.
Amigo (a)
Entenda meu fim de semana da maneira como entendo eu.
Dominei meu carro com um ótimo acerto desde sexta feira (tanto que o Jenson copiou este acerto).
Fui o mais rápido da classificação Q2 e se não fosse um erro no cálculo da gasolina e o fato de ter ido à pista um pouco cedo demais acredito que conseguiria também a pole na Q3.
Não deixei cair a bola e fui com tudo pra cima do Jenson e do Vettel e consegui a ponta.
Tirei o máximo de proveito da situação e andei no limite o tempo todo chegando a abrir 2 segundos do Jenson antes de sua parada.
Como eu pararia depois dele, estava muito tranquilo e o pensamento era de que a chance de vitória era enorme. Quando me falaram que o outro carro havia mudado de estratégia isso me pegou de surpresa.
Nem isso me fez pensar que poderia perder a corrida, afinal em todas nossas reuniões foi falado que 3 paradas eram melhor que 2. Continuei com tudo na minha caminhada a vitória.
No meu terceiro jogo de pneus encontrei problemas de aderência e meus tempos caíram 2 décimos por volta. De qualquer forma, isso não faria a diferença mesmo porque sai após meu último pit stop 7 segundos atrás do Jenson. A verdade é que 3 paradas não eram melhor do que 2 .
Antes da reunião de final de corrida, eu chamei o Ross num canto e lhe disse claramente que se ele tivesse feito algo em proteção ao Jenson que eu estava realmente pronto pra pendurar minhas "chuteiras". Ele me disse que não, e ficou surpreso tanto quanto eu quando viu que 2 paradas tinham sido melhor que as 3. Prometeu fazer uma revisão do simulador de corrida.
Continuo de olho aberto e com a faca nos dentes...
Essa meia dúzia de pessoas maldosas que dizem entender de carro de corrida e fazem polêmica é que são o problema. Eu convidaria essas pessoas para um papo para saber se realmente entendem de F1. Será que eles sabem como se liga um F1 ou qual é a pressão de pneu de um carro de F1?
Enfim, continuo com tudo e vou para Monte Carlo querendo me dar um ótimo presente de aniversário. Estou buscando o campeonato, bem como todos no grid, porém venho me fortalecendo e me sentido vitorioso, mesmo porque, esse começo de ano já comecei dando a volta por cima.
Abraços.
Rubens Barrichello
Postar um comentário