segunda-feira, 22 de junho de 2009

BMW Z4 segunda geração

Abertura_BXEnquanto em várias partes do país, a população se diverte nas festas juninas, comemoração especifica do inverno brasileiro, a BMW do Brasil mostra suas novidades para que os amantes de carros exclusivos curtam o verão. A empresa mostrou em São Paulo, o novo conversível da marca o BMW Z4.

A estratégia da fabricante alemã é aproximar-se do cliente, por isso escalou duas mulheres para desenvolver o desenho do modelo. Nadya Arnadue, especialista em projetos de celulares e aspiradores de pó, foi a responsável pelo projeto da parte interna do carro e Juliane Blasi cuidou das linhas externas. Este trabalho foi feito no centro de design da Califórnia, pois nada melhor do que um ensolarado local na hora de buscar inspiração para desenhar um conversível.

Interior_4Com linhas agressivas para reforçar a esportividade do modelo, o Z4 tem o capô longo, parte frontal baixa, grade oval dupla em posição quase vertical, as amplas entradas de ar e os faróis duplos redondos usam tecnologia de bi-xenônio de série.

Nas laterais as linhas da cintura unem os arcos das rodas dianteiras com os das traseiras, o traçado acentua a imagem alargada do Roadster. Já a traseira evidencia a largura do carro, pois as linhas e superfícies são horizontais.

Lateral_BX

O Z4 é um esportivo para duas pessoas, por isso o conforto foi privilegiado. Os assentos com apoios de cabeça integrados trazem de série um estofamento de couro, no caso do modelo BMW Z4 sDrive35i. O comprador pode escolher entre três cores deste estofamento. O mesmo couro é usado na parte inferior do painel de instrumentos, nos apoios de braço das portas e nos apoios de braços da console central. O equipamento opcional ampliado de couro também aparece na parte superior do painel de instrumentos, nos revestimentos das portas, já os para-sóis de couro são na cor preta.

Porta_8Como opcional há o design Pure White, que inclui assentos esportivos de estofamento de napa/Alcântara branca marfim, uma superfície decorativa de napa de cor idêntica no lado do condutor e no console central e também com ornamentos de madeira Fineline de cor antracito nas portas. Além disso, é ofertada a cor exterior marrom Havana, de combinação exclusiva com o design Pure White da cabine. Há oito cores externas disponíveis, entre elas a cor prata Orión metalizada, exclusiva para este modelo.

Painel_7No painel de instrumentos, uma mistura de linhas clássicas e modernas. Os mostradores de velocidade, conta-giros, marcadores de combustível e temperatura são com ponteiros, enquanto que as informações do odometro e temperatura externa aparecem em dois displays digitais. Ao centro, a tela do equipamento GPS, e abaixo das saídas de ar, comandos de temperatura do ar-condicionado e ventoinha e desembaçadores, todos em forma circular.

Se por um lado a ensolarada Califórnia serviu como inspiração para o desenvolvimento do modelo, ao desenhar a capota, lembrou-se das regiões frias. O projeto foi inspirado na ação de levantar a gola do casaco para proteger-se do vento, quando ele chega repentinamente.

Lateral_Teto_BX

Este é o primeiro Roadster da fabricante alemã com teto rígido. Ele é retrátil, quando aberto, este teto de duas peças de alumínio e desaparece no porta-malas. Apesar de usar o compartimento traseiro para guardar o teto, ainda há espaço para bagagens, o volume é de 180 litros, com o teto aberto chega a 310 litros.

Em dimensões o Roadster tem 4,24m de comprimento, 1,79m de largura e 1,29m de altura, para uma distância entre os eixos de 2,49m.

Motor_3Na versão de entrada o BMW Z4 sDrive23i é equipado com motor seis cilindros em linha. Oferece 206 cv de potência disponíveis a 6.200 rpm. O torque máximo é de 25,49 kgfm a 2.950 rpm. O bloco de cilindros é de magnésio e alumínio, às tampas das cabeças dos cilindros de material sintético e aos eixos dentados de material leve com unidades Vanos de alumínio, ele pesa 158,5 kg.

Já o topo de linha BMW Z4 sDrive35i usa propulsor Twin Turbo de seis cilindros em linha, injeção direta de gasolina High Precision Injection e bloco de cilindros de alumínio. Este motor de 3.000 cc tem uma potência máxima de 310,24 cv a 5.800 rpm e torque de 40,78 kgfm.

Transmissão_6O comprador do modelo conversível da BMW ainda pode optar entre a transmissão manual de seis de marchas, ou, para a versão topo de linha, a caixa de câmbio automática esportiva com dupla embreagem e comandos de trocas no volante.

Frente_BXNa versão de entrada o novo BMW Z4 Drive23i tem preço sugerido de R$ 217.000, já o topo de linha BMW Z4 sDrive35i custa R$ 307.000.

Durante a apresentação, não foram mostradas projeções de vendas do modelo. O que ficou evidente nas palavras do presidente da empresa no Brasil é que o otimismo é grande para toda a linha de produtos. “Nossos objetivos são ambiciosos, pois nos últimos quatro anos dobramos as vendas e percebemos que o segmento dos veículos Premium cresce no país, pois há muita demanda reprimida”, afirmou Henning Dornbusch.

E para deixar claro que as perspectivas em vendas no Brasil são positivas, a BMW planeja o lançamento de 15 novos modelos este ano, divididos entre carros e motos.

Postar um comentário