segunda-feira, 14 de junho de 2010

GP Canadá: Uma corrida com várias opções

Race winner Lewis Hamilton (GBR) McLaren MP4/25 
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
Agitada, repleta de ultrapassagens e batidas, assim pode ser definido o GP do Canadá, disputado no Circuito Gilles Villeneuve em Montreal.
No sábado, durante os treinos classificatórios, deu para perceber que os carros da marca de energético eram rápidos, mas não teriam uma corrida tranquila, pois o inglês Lewis Hamilton (McLaren) conseguiu desbancar a hegemonia de poles da Red Bull e largou em primeiro. Para ajudar, Mark Webber (Red Bull), até então líder da competição, marcou o segundo tempo, mas trocou o câmbio e perdeu cinco posições.
Fernando Alonso (ESP) Ferrari F10 at the start of the race as Vitaly Petrov (RUS) Renault R30 and Pedro De La Rosa (ESP) BMW Sauber C29 crash in the background.
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race Day, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
A largada, sempre complicada neste circuito, fez vitimas e entre elas, o brasileiro Felipe Massa (Ferrari). Ele tentou ganhar duas posições e foi passar entre os carros de Vitantonio Liuzzi (Force Índia) e Jenson Button (McLaren), foi tocado pelo italiano, perdeu o bico e foi ao box. Voltou em último fazendo volta rápida em cima de volta rápida.
A fórmula de utilizar no Canadá os mesmos pneus de Mônaco não funcionou, os compostos duros e os macios, desgastavam rapidamente forçando os pilotos a trocar mais que o planejado. Assim, as posições foram se alterando, até que num determinado momento da prova, Jaime Alguersuari (Toro Rosso) liderou a corrida.
Fernando Alonso (ESP) Ferrari F10 and Lewis Hamilton (GBR) McLaren MP4/25 battle for position whilst leaving the pits. 
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
Hamilton e Fernando Alonso (Ferrari), entraram e saíram juntos para trocar os pneus, e foram disputando a posição no pit lane, Alonso levou a melhor, mas na pista os ingleses (Hamilton/ Button) da McLaren deixaram o espanhol comendo poeira.
Massa em sua corrida de recuperação, estava em oitavo e foi ultrapassar o ‘Dick Vigarista’ Michael Schumacher (Mercedes) e ele jogou o carro para cima de Felipe, mais uma vez o brasileiro perdeu o bico do carro, e terminou em 15º. Como se não bastasse, Schumacher, ainda bateu rodas com Adrian Sutil (Force India).
(L to R): Nick Fry (GBR) Mercedes GP Chief Executive Officer with Emerson Fittipaldi (BRA) FIA Race Steward.
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race Day, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
O brasileiro bicampeão Emerson Fittipaldi foi o comissário convidado nesta corrida e teve muito trabalho, foi tanto que deixou para julgar acidentes e abusos depois.
O que na minha opinião chamou a atenção nesta corrida, além da disputa na pista, foi mesmo a fragilidade dos carros da Red Bull, e a capacidade de reação da McLaren.
Os dois monopostos, tanto de Mark Webber, como de Sebastian Vettel falharam. O primeiro com problemas no câmbio o segundo, nas últimas voltas, recebeu ordem do engenheiro para baixar o giro do motor, pois tinha problemas e só assim chegaria ao final.
Jenson Button (GBR) McLaren MP4/25 leads Mark Webber (AUS) Red Bull Racing RB6.
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
E a McLaren que começou o mundial como quarta força, já venceu duas provas seguidas, sendo que no Canadá fez dobradinha em primeiro e segundo. Já a Ferrari, consegue manter-se no pódio graças ao talento e sorte de Fernando Alonso, o carro ainda é ‘meia boca’.
Conhecendo a tradição da Equipe de Marenello, duvido que conseguirá reverter a situação.
Hamilton com seu jeito abusado de pilotar venceu o GP do Canadá, Jenson Button foi o segundo e Fernando Alonso terminou na terceira posição. Sebastian Vettel foi quarto, Mark Webber quinto, Nico Rosberg (Mercedes) em sexto, Robert Kubica (Renault) chegou em sétimo, oitavo para Sebastien Buemi (Toro Rosso), nono Vitantonio Liuzzi e décimo Adrian Sutil.
Race winner Lewis Hamilton (GBR) McLaren on the podium with Jenson Button (GBR) McLaren and Fernando Alonso (ESP) Ferrari. 
Formula One World Championship, Rd 8, Canadian Grand Prix, Race, Montreal, Canada, Sunday 13 June 2010.
O campeonato é liderado por Hamilton com 109 pontos, Button aparece na vice-liderança, e soma 106, Mark Webber está em terceiro com 103 pontos, Fernando Alonso tem 94 pontos na quarta colocação e Sebastian Vettel é o quinto com 90. Massa esta longe da liderança e de Alonso, aparece na oitava posição com 67 pontos.
Rapidinhas
Foi horrível!
Sem justificativas, Felipe Massa só pode lamentar depois do 15º lugar em Montreal. "Foi uma corrida horrível em que tudo me aconteceu, na primeira curva, eu tive um acidente que me deixou fora do jogo em termos de brigar pelo primeiro lugar. Fiz uma largada muito boa, mas me vi imprensado entre Button e Liuzzi, que me tocou. O carro estava muito bom hoje, como muitas vezes acontece nas corridas, ao comparar com a classificação. Eu ainda enfrentei uma grande quantidade de tráfego e quando o carro voltou ao ponto certo sofri outra colisão, desta vez com Michael, isso colocou fim à pequena chance de pontos”, afirmou Massa.
Não éramos favoritos
Vettel tentou desconversar e minimizar o resultado da RBR no Canadá. "Dessa vez não éramos os favoritos, mas mostramos um bom ritmo e surpreendemos algumas pessoas. Mas durante a corrida não conseguimos mostrar o nosso verdadeiro ritmo por causa do tráfego", explicou o alemão.
Difícil, mas divertida
O atual campeão Jenson Button revelou que teve muito trabalho para chegar em segundo lugar. “Foi uma corrida muito difícil. Foi duro decidir quando aumentar o ritmo por causa da situação dos pneus. Eles foram muito importantes e você não consegue saber se está preservando-os suficientemente. Mas foi uma grande corrida, realmente divertida. Você tinha que pensar sobre cada situação”.

Postar um comentário