quarta-feira, 16 de junho de 2010

Novo centro de distribuição e Daily Massimo

Foto1 Fabricante de caminhões e veículos de cargas inicia as atividades de seu novo Centro de Operações de Peças e mostra modelo para o segmento 7 toneladas
Fotos: Divulgação
A Iveco iniciou atividades no Brasil em 1.998, no ano 2000, inaugurou a fábrica na cidade de Sete Lagoas (MG). E desde este período, a empresa que é integrante do Grupo Fiat não para de crescer.
Seu mais recente investimento foi mostrado para a imprensa especializada dia 20 de maio, na cidade de Sorocaba (SP), trata-se do novo COPI (Centro de Operações de Peças Iveco). O local tem 10.000 m² de área e integra o complexo industrial onde opera a CNH (Case New Holland).
Segundo divulgado pela empresa foram gastos R$ 30 milhões nas instalações, as quais foram construídas dentro da filosofia da “construção verde” e utilizam o conceito World Class Logistics (WCL -a peça certa, na qualidade certa, no lugar certo, no tempo certo).
Foto2
Atualmente cerca de 62.000 veículos Iveco circulam no Brasil, sendo que, cerca de 30.000 (42%) foram comercializados entre janeiro de 2007 e dezembro de 2009.
Com o COPI, a Iveco começa a usar um novo software de gestão chamado, Commom Spare Parts System (CSPS), adotado mundialmente pelo Grupo Fiat e que controla totalmente a movimentação da peça no armazém, da sua entrada à sua saída. Outro software, o Click, garante controle em tempo real de estoque, ele administra variáveis, como a diferente aceleração de vendas dos vários modelos de caminhões da marca.
Estas ferramentas permitem que os concessionários coloquem os pedidos em um portal, no qual acompanham o faturamento, a expedição e o tempo de trânsito das peças. Os pedidos de emergência são atendidos em até 24 horas, enquanto que os pedidos de estoque da concessionária são embalados e prontos para o despacho em até 48 horas.
Foto4
A fabricante movimenta atualmente aproximadamente 37.000 part numbers diferentes, este número tende a crescer, porque a empresa tem lançado duas novas famílias de produtos por ano, e cada novo produto representa a entrada de cerca de 4.500 novos part numbers.
Daily Massimo para o segmento de 7 toneladasIMG_06No mesmo dia que inaugurou o COPI, a Iveco também lançou o modelo Daily Massimo. O VUC (Veículo Urbano de Carga) recebeu identidade própria. A grade frontal é nova, diferente do restante da gama Daily, na cor preta, a mesma do pára-choque. Além disso, em função das rodas e pneus maiores, o caminhão ficou cerca de 50 mm mais alto que os outros da linha.
Com o Daily Massimo, a fabricante criou um novo tipo de veículo no mercado: plataformas de auto-socorro no segmento de 6,1 a 7,9 toneladas com cabine dupla e garantia de fábrica. Essa configuração permite transportar, ao mesmo tempo, dois veículos (um sobre a plataforma, outro rebocado). 
IMG_20
No modelo foi incorporado um novo sistema de freios de acionamento pneumático com regulagem automática das sapatas de freio no eixo traseiro (Air over Hydraulic Brake System), com compressor de ar Knorr Bremse LK-15 instalado junto ao motor F1C. É o mesmo conceito empregado nos caminhões médios e pesados: eixo traseiro com freios a tambor e sistema tipo S-CAM para as operações de serviço e câmara do tipo “spring brake” para estacionamento. Nas rodas dianteiras, continua o freio a disco hidráulico servo-assistido.
O Daily 70C16 HD Massimo tem duas opções de entre-eixos, versões cabine simples e dupla, suspensão dianteira reforçada, motor Iveco-FPT de 155 cv. Atende as necessidades das entregas porta-a-porta e viagens curtas de até 200 km, seu preço inicial é de R$ 94.000.

Postar um comentário