terça-feira, 13 de julho de 2010

GP da Grã Bretanha: Lembrei de Senna e Prost

158200 Quando Mark Webber deu um chega pra lá no companheiro Sebastian Vettel logo na largada do GP da Grã Bretanha, veio a mente dois dos mais fantásticos pilotos da F-1
Fotos: Divulgação
Ayrton Senna estreou na McLaren em 1.988, encontrou um tal francês de nome Alain Prost, que era o dono do time, pois já havia conquistado dois títulos mundiais (85/86) com a equipe.
Senna_77197
Senna tinha um discurso pronto e afirmava que o primeiro piloto a ser batido é o companheiro de equipe, e assim o fez com Alain Prost. Não tinha medo do francês e não deixava de bater rodas quando necessário, mas com muito respeito e sem a exigência de qual seria o primeiro piloto. E assim Senna conquistou seu primeiro titulo na categoria, no ano em que estreou no time de Ron Dennis.
Não quero comparar o talento de Senna e Prost com o de Webber e Vettel, pois não há comparação, dirigindo com uma só mão, Senna e Prost eram bem melhores, mas as atitudes tomadas por pilotos e equipes em situações semelhantes.
Na época do brasileiro e do francês, o patrão dizia que entregava carros semelhantes e venceria o melhor.
158194
Com a Red Bull, equipe que tem o melhor carro da atualidade, parece que não é bem assim, eles preferem o alemão Sebastian Vettel. 
E tudo começou com o fato de a equipe dar a Vettel o novo bico do carro com a desculpa de que só tinha um e o alemão tinha mais pontos. Após vencer a corrida de ponta-a-ponta, o australiano não se fez de rogado e retribuiu os elogios do engenheiro pelo rádio com a frase: “Nada mal para o segundo piloto”.
158220
Isso mostrou que o time está rachado, e se não se acertar vai perder os títulos desta temporada, apesar de ter o melhor carro. Por isso continuo a afirmar, a Red Bull não é bicho papão!
Com toda essa confusão, além de ir pra grama no circuito de Silverstone, o alemão Vettel teve um pneu furado, o que o fez perder muito tempo e cair para a ultima posição. Graças a uma corrida agressiva, conseguiu terminar em sétimo lugar. Coisa que o brasileiro Felipe Massa (Ferrari) não conseguiu fazer.
157834
Massa largou bem, mas tocou no companheiro Fernando Alonso, e teve um pneu furado. Foi para o box, voltou, mas não conseguia deslanchar. Uma entrada do Safty Car trouxe novo animo para corrida, já que as primeiras posições pareciam definidas.
Felipe Massa já se aproximava da zona de pontuação, quando, na volta 40, ele rodou e teve que voltar ao box. Saiu como começou, sem pontos.
Alonso também não marcou, pois apesar de manter um ritmo bom, ultrapassou o polonês Robert Kubica (Renault) por fora da pista e foi punido.
Bom resultado teve Rubens Barrichello (Williams), com todas as limitações do carro largou em 8º e terminou no 5º lugar. Rubinho está muito bem
158054 conceituado dentro da equipe, e deve continuar na próxima temporada, os dirigentes esperam conseguir o motor Renault para trazer o time de volta as vitórias.
Comparado ao GP anterior, o do Europa, esta corrida foi bem mais emocionante, pois no pelotão intermediário foram várias as disputas e ultrapassagens.
158218
O GP da Grã Bretanha terminou com:
1º - Mark Webber, 2º - Lewis Hamilton (McLaren), 3º - Nico Rosberg (Mercedes), 4º -Jenson Button (McLaren), 5º - Rubens Barrichello (Williams), 6º - Kamui Kobayashi (Sauber), 7º - Sebastian Vettel (Red Bull), 8º - Adrian Sutil (Force India), 9º - Michael Schumacher (Mercedes) e 10º - Nico Hulkenberg (Williams).
Na liderança da competição esta Lewis Hamilton com 145 pontos, Jenson Button é o vice-líder com 133 pontos e em terceiro Mark Webber com 128 pontos.
A próxima etapa será o GP da Alemanha, em Hockenheim, dia 25 de julho.
Rapidinhas
Falta de sorte

Após terminar mais uma corrida fora da zona de pontuação, o brasileiro Felipe Massa lamentou pela falta de sorte. “Eu não sei o que fazer, mas eu tenho que descobrir um jeito de afastar essa má sorte que está me seguindo em todo lugar. Nas últimas etapas, tudo aconteceu comigo”, declarou o brasileiro a Rádio Jovem Pan.
Ele não é mais o mesmo
Mais uma vez Michael Schumacher (Mercedes), que ficou em 9º lugar, terminou atrás do companheiro Nico Rosberg que foi ao pódio na terceira posição. “Novamente tivemos uma corrida da qual eu não saí feliz hoje. Ver o Nico no pódio é bom para a equipe, mas a minha corrida foi obviamente menos gratificante. Fiquei preso no tráfego durante a maior parte da prova e quase não tive a pista limpa”, justificou o piloto alemão.
Trabalho de equipe
Depois da quinta posição, o brasileiro Rubens Barrichello exaltou o trabalho feito pela Williams. “Foi um grande esforço da equipe para ter um piloto entre os cinco primeiros pela segunda vez seguida, não apenas em termos de resultados, mas também por causa da evolução do carro”, e complementou, “a equipe ainda não está onde merece, mas estamos bem satisfeitos com o desempenho de hoje”.

Charge da corrida
Titular absoluto da rádio Camanducaia, o locutor Odayr Baptista, também é chargista. Ele enviou a charge abaixo, sobre o GP da Grã Bretanha. GrandePremioDeSilverstone

Conheça mais do trabalho de Odayr no:  www.radiocamanducaia.com.br 

Postar um comentário