domingo, 27 de março de 2011

GP da Austrália: Mas que confusão!

ACELERADAS

Por: Edison Ragassi
172236

Asa traseira móvel, kers, pneus que se desgastam mais rápido, não resolveram nada. O campeão Vettel com seu Red Bull fez a pole e venceu de ponta a ponta

Como todo inicio de temporada havia muita expectativa para saber a reação das equipes e pilotos com as regras adotadas para este ano.
Em principio muita confusão, pois a asa traseira móvel só pode ser usada na reta durante uma ultrapassagem. Bom como os carros são muito rápidos, foi um grande exercício de adivinhação para saber se o equipamento estava sendo usado ou não.
O mesmo ocorreu com os pneus, a Pirelli que passou este ano a ser fornecedora da categoria, não marcou de maneira fácil para se identificar os compostos macios e duros.
E o kers depende mesmo dos artifícios eletrônicos da televisão.

172314

Mas vamos falar da corrida. Muito chata, pois em nenhum momento o segundo colocado Lewis Hamilton (McLaren) chegou se quer a ameaçar o primeiro colocado, o alemão Sebastian Vettel da RBR. O atual campeão parecia correr em uma outra categoria, e nem usou o kers, pois, segundo o chefe da equipe Christian Horner, o equipamento não era confiável e eles correram sem.
A pouca emoção ficou por conta dos brasileiros. Na largada Felipe Massa (Ferrari) pulou de oitavo para quinto, inclusive passando Fernando Alonso (Ferrari), que saiu na quinta colocação. Mas a alegria durou pouco, pois Jenson Button (McLaren) pressionou o brasileiro. Em uma manobra errada, já que cortou caminho para ultrapassar, o inglês foi pra gente. E Alonso que vinha colado nele aproveitou para ultrapassar Massa, o segundão da Ferrari.
172354

Barrichello também deu trabalho, apesar das limitações de seu Williams. Na largada caiu para a última posição, mas recuperou-se, ai foi com muita sede ao pote ao tentar ultrapassar Nico Rosberg (Mercedes), perdeu o bico e tirou o rival da corrida.
172261

Assim, Sebastian Vettel (Red Bull) venceu, seguido por Lewis Hamilton (McLaren), a surpresa da prova foi o russo Vitaly Petrov (Renault-Lotus) que chegou em terceiro. Fernando Alonso (Ferrari) chegou em quarto, Mark Webber (Red Bull) foi quinto, Jenson Button (McLaren) terminou em sexto, Felipe Massa (Ferrari) em sétimo, oitava posição para Sebastien Buemi (Toro Rosso),  Adrian Sutil Force India) chegou em nono e o estreante Paul Di Resta (Force India) foi o décimo.
Esta primeira prova da temporada 2011 deixou muito claro que: não é com uma canetada que a competitividade da categoria vai aumentar.

Rapidinhas
Sensível diferença
Felipe Massa no treino classificatório da Austrália ficou em oitavo lugar. Fernando Alonso em quinto. Terminada a corrida, Alonso foi o quarto e Massa o sétimo. Para quem precisa se impor e conquistar o direito de disputar o titulo, o brasileiro começou de maneira muito ruim.

Não divulgamos
Após a corrida, o chefe da equipe RBR não se fez de rogado e confessou: “não usamos o kers porque o equipamento não era confiável, mas também não divulgamos isso”.  A levar em conta a diferença do carro de Vettel para os demais, quando usarem o equipamento a equipe será imbatível!

Dificil, mas positiva
"Foi uma corrida dura para nós. Eu fui empurrado para fora no começo, mas então tive um bom ritmo, e estava fazendo um monte de ultrapassagens até o incidente com Rosberg. Eu não estava pensando em ultrapassá-lo naquele momento, eu estava defendendo do Kobayashi. Estávamos com pneus diferentes, pois um tem boa aderência e outro nem tanto, e por isso tivemos diferentes pontos de freada. O Rosberg freou mais cedo e eu freei dentro da curva e não pude parar o carro. O nosso carro foi competitivo hoje, o que é positivo vai para a próxima corrida", declarou Barrichello. O brasileiro abandonou com problemas no câmbio em seu Williams.

Postar um comentário