terça-feira, 16 de agosto de 2011

Lançamentos: Freemont, um Fiat grandão!

freemont_precision_099Primeiro carro da fabricante italiana fruto da associação com a americana Chrysler recebe até  7 ocupantes, tem motor 2.4L e transmissão automática de quatro marchas
Texto: Edison Ragassi
Fotos: Divulgação
A parceria entre a fabricante italiana Fiat e a norte-americana Chrysler gerou o primeiro produto para o mercado brasileiro. Trata-se do Freemont, ele foi apresentado para a imprensa especializada dia 10 de agosto no Guarujá (SP).
freemont_precision_011

O modelo é o Dodge Journey que passou por modificações direcionadas pela Fiat. Comparado ao seu par da Dodge, ele recebeu uma nova grade frontal com o símbolo da Fiat ao centro. 

freemont_precision_028No interior, os materiais de acabamento foram modificados visando maior qualidade. Em dimensões o familiar grande da Fiat tem comprimento de 4888 mm, largura de 1878 mm. A altura é de 1750 mm, com distância entre-eixos de 2890 mm.

freemont_precision_085Graças a estas medidas, o comprador pode optar por duas opções de configurações de banco, para cinco ou sete ocupantes. O volume do porta-malas é de 145 litros na versão de 7 lugares com todos os bancos em posição de uso, 2301 litros (com banco de passageiro, segunda e terceira fileira totalmente rebatidos).
freemont_precision_050

A suspensão dianteira é independente tipo McPherson, com molas helicoidais, amortecedores hidráulicos pressurizados a gás e barra estabilizadora. Na traseira usa o sistema Multilink com 4 braços, molas helicoidais, amortecedores hidráulicos pressurizados a gás e barra estabilizadora. A engenharia da Fiat preocupou-se em adaptar estes sistemas para as necessidades brasileiras. Assim foi melhorada a calibragem das molas e dos amortecedores, a rigidez de ataque e a geometria do conjunto dianteiro com objetivo de reduzir o ângulo de rolagem.  

freemont_precision_056

Ele é equipado com motor 2.4L, DOHC, 16 válvulas com comando variável (Dual VVT), é uma evolução do propulsor usado no PT Cruiser. Feito com bloco de alumínio, sua potência é de 172 cv a 6.000 rpm e torque máximo de 22,4 kgfm a 4.500 rpm. Segundo divulgado pela empresa, a curva de torque é bastante plana. Em torno das 1.300 rpm ele já apresenta força superior a 17,0 kgfm. O trem de força é completado pelo câmbio automático de quatro marchas com opção de mudanças sequenciais.
freemont_precision_016
Na dianteira os freios são a discos ventilados de 302 mm de diâmetro e pinças flutuantes com pistão de 66 mm. Na traseira os discos têm 305 mm de diâmetro e pistões de 43 mm, assistidos pelos sistemas ABS e EBD.
Com a chegada do Fremont, a Fiat entra no segmento de veículos familiares grandes, uma novidade para eles, pois até então, era especialista em compactos e médios. 
freemont_precision_103
A versão de entrada do Fiat Fremont é a Emotion com preço sugerido de R$ 81.900 e a topo de linha, Precision sai por R$ 86.000.
Neste inicio de comercialização, todas as peças de reposição serão importadas do México, onde o modelo é fabricado. A expectativa é de vender entre 1.000 a 1.500 unidades/mês.

freemont_precision_014 freemont_precision_030

Postar um comentário