domingo, 25 de setembro de 2011

Aceleradas: GP Cingapura-Faltou pouco!

185668A supremacia da Red Bull e Sebastian Vettel foi confirmada na corrida noturna e agora o alemão esta a apenas um ponto de conquistar o bicampeonato
Por: Edison Ragassi
Quando Vettel marcou a pole no GP de Cingapura, ainda ficou um pouco de esperança, de que a corrida fosse disputadíssima, pois afinal os pilotos que saiam atrás não iriam querer o alemão vencendo mais uma.

Mas ao apagar das luzes vermelhas, Vettel teve atitude de campeão, manteve sua primeira posição e não deu bola pra quem vinha atrás.
Fernando Alonso (Ferrari), até tentou repetir uma das boas largadas que conseguiu na temporada, o mesmo fez Felipe Massa (Ferrari). Jenson Button (McLaren) aproveitou a bobeada de Mark Webber (Red Bull) e assumiu a segunda colocação.
185649

Daí pra frente, as emoções da prova ficaram por conta de erros.
Lewis Hamilton (McLaren), outro que perdeu posições na largada, veio pra cima de Massa e furou o pneu do brasileiro. A manobra foi ruim para os dois, Felipe teve que trocar os compostos e Hamilton foi punido, ambos caíram para o pelotão de trás.
185657

Só que, a qualidade técnica do inglesinho abusado é muito maior e ele conseguiu recuperação, terminou a prova na quinta colocação. Já Massa contentou-se com um nono lugar.
Outro motivo de tensão foi protagonizado por Michael Schumacher (Mercedes -GP), ele tentou uma ultrapassagem num local que não podia, bateu e provocou a entrada do safety-car.

Também de maneira discreta terminaram a prova os outros dois brasileiros Rubens Barrichello (Willams) e Bruno Senna (Renault-Lotus). O primeiro largou em 12º e terminou na 13° colocação e o segundo terminou em 15º, depois de perder o bico na primeira metade da prova.

Estes resultados são motivo de preocupação para a torcida brasileira, pois não vejo em nenhum dos atuais representantes do país na categoria máxima do automobilismo mundial, um com capacidade de ser campeão.
Rubinho está mais fora do que dentro, a Williams procura desesperadamente um piloto com dinheiro. Massa não conseguiu se sobrepor a Alonso e vai ser o segundo na Ferrari até o final de seu contrato.

E Bruno precisa de um carro competitivo e mais experiência, coisa que ele não deve conseguir no time, pois sua vaga é de Robert Kubica, o polonês que se acidentou em uma prova de rali, mas deve voltar o ano que vem.
Mas voltando a Cingapura, Vettel venceu sem maiores problemas, com Jenson Button em segundo e Mark Webber na terceira posição. Assim, o alemão precisa só de um ponto dia 08 de outubro no GP do Japão para tornar-se o mais jovem bicampeão mundial.       
185677

Marcaram pontos no GP de Cingapura:
1º - Sebastian Vettel
2º - Jenson Button
3º - Mark Webber
4º - Fernando Alonso
5º - Lewis Hamilton
6º - Paul di Resta
7º - Nico Rosberg
8º - Adrian Sutil
9º - Felipe Massa
10º - Sergio Perez
O que vai restar é a briga pelo vice-campeonato. Vettel tem 309 pontos, Button 185, Fernando Alonso soma 184 e Mark Webber 182 pontos.

Rapidinhas
Massa exige punição
Após a corrida, Felipe Massa tentou falar com Lewis Hamilton e cobrar uma explicação sobre o acidente, mas o piloto da McLaren saiu sem responder. “Ele não consegue ouvir, não consegue entender, ele não aprende nada. Este é o problema”, declarou o brasileiro que também exige mais rigor por parte da FIA nas punições.

Motivação
Com o titulo de 2011 quase decidido, Fernando Alonso diz que o vice-campeonato é motivação para as últimas provas da temporada. "Nós temos cinco corridas difíceis pela frente, mas nossa motivação não muda. Em alguns momentos, talvez sejamos capazes de atacar, enquanto em outros teremos que nos defender, mas de qualquer forma vamos dar sempre nosso melhor", afirmou o espanhol.

Tudo vai bem
Sem maiores problemas, ou rivais que consigam ao menos aproximar-se de se desempenho, Sebastian Vettel, continua humilde e não fala sobre o titulo. Após o GP de Cingapura ele exaltou o trabalho. "Foi uma corrida fantástica, da largada até o fim. Mesmo nos momentos tensos, conseguimos manter a tranquilidade e garantimos um dia perfeito".

Postar um comentário