segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Aceleradas- GP Coréia do Sul: Esquenta a briga pelo vice-campeonato

187632

Não deu outra, o já campeão Vettel venceu mais uma, Hamilton reagiu, o mesmo aconteceu com Webber e a briga pelo segundo lugar ficou muito interessante
Por: Edison Ragassi
Na Coréia do Sul, o fim de semana de Grande Prêmio começou com uma novidade: Lewis Hamilton (McLaren) marcou a pole-position, e deixou o atual bicampeão Sebastian Vettel (Red Bull) na segunda posição do grid de largada.

Depois do treino classificatório, Vettel parou e ficou observando o carro inglês, talvez já projetando dificuldades para a próxima temporada. Isso porque as regras técnicas não mudarão e os carros da McLaren estão mostrando evolução.

Bem, na largada, a supremacia da RBR voltou, Vettel passou Hamilton e seguiu sem problemas até a bandeirada final, onde conquistou sua 10ª vitória na temporada. Assim, as emoções ficaram por conta dos pilotos que vinham da segunda colocação para trás.
187627

Logo na primeira volta, Felipe Massa (Ferrari) ultrapassou MarkWebber (RBR) e  Jenson Button (McLaren), passando para a terceira posição. Mas cometeu um erro e o australiano voltou à posição. E Button  não fez uma boa largada, caiu para o sexto lugar.

Massa andou na frente de Fernando Alonso (Ferrari), durante boa parte da corrida, apesar de Ferrari errar na primeira parada do brasileiro para a troca de pneus. Mas na segunda troca, essa diferença apareceu e o espanhol ganhou a posição do brasileiro. Pior do que isso, não só passou como abriu bastante. Até aproximou-se dos lideres, quase chega a brigar pelo pódio, mostrando que suas qualidades técnicas são infinitamente melhores.

187635

MarkWebber deu muito trabalho para Lewis Hamilton e quase tirou dele a segunda colocação.
Decepção mesmo foi para os brasileiros. Massa terminou na sexta posição, Rubens Barrichello (Williams) foi o 12º e Bruno Senna (Lotus Renault) foi o 13º.

187522

Rubinho precisa conquistar pontos para manter a esperança de disputar no ano que vem sua 20ª temporada na maior categoria do automobilismo mundial. E Bruno Senna precisa marcar pontos, fazer um bom papel, para ter oportunidade pelo menos em equipes médias.
Marcaram pontos na Coréia do Sul
1º- Sebastian Vettel
2º- Lewis Hamilton
3º- Mark Webber
4º- Jenson Button
5º-Fernando Alonso
6º- Felipe Massa
7º- Jaime Alguersuari
8º- Nico Rosberg
9º- Sebastien Buemi
10º- Paul di Resta

187465

A Red Bull garantiu o titulo de construtores e agora Vettel soma 349 pontos, Button em segundo tem 222 pontos, Alonso 212, Webber 209 e Hamilton 196 pontos. A próxima etapa será dia 30 de outubro, o GP da Índia.

Rapidinhas
Faltou sorte
Desanimado, o brasileiro Rubens Barrichello tenta tirar leite de pedra ao conduzir seu Williams. Nesta corrida, ele culpou a sorte. "Nosso ritmo foi bom hoje e eu pude batalhar contra carros mais rápidos. Outra vez, o safety car não veio na hora certa para mim e isto me custou algumas posições", declarou depois da prova. O carro de segurança foi acionado por causa de um acidente entre Schumacher e Petrov.
187588

Culpado
Vitaly Petrov (Lotus-Renault), literalmente atropelou Michael Schumacher (Mercedes-GP) durante a corrida. Os comissários analisaram e puniram o piloto russo. Ele perdeu cinco posições no grid de largada da próxima etapa, o GP da Índia.

Mais um brasileiro na F-1
Lucas di Grassi, comentou a corrida com Galvão Bueno. O narrador fez questão de divulgar que o piloto brasileiro tem proposta para correr o GP do Brasil e permanecer no time para a próxima temporada. Mas para que isso ocorra, ele precisa arrumar patrocínio. Galvão deu uma força!

Postar um comentário