segunda-feira, 19 de março de 2012

Aceleradas: GP Austrália- Um começo diferente

194553

Depois de dois anos seguidos de completo domínio da RBR, parece que as coisas mudaram e os bons ventos passaram a soprar para os lados da McLaren 
Por: Edison Ragassi
Logo após os treinos de pré-temporada, o atual bicampeão Sebastian Vettel (Red Bull) declarou que eles teriam trabalho para acertar o carro e que a torcida não esperasse amplo domínio do time. Confesso que não acreditei. Pensei que o alemão estava sendo muiiito modesto. 
194536

Bem, desde os treinos classificatórios, provou-se que Vettel não estava mentindo, e os carros da McLaren, que aparentam não terem passado por modificações, dominaram os ensaios. Lewis Hamilton marcou a pole e Jenson Button ficou na segunda posição.

Mas a surpresa não ficou só ai, o estreante Romain Grosjean (Lotus) marcou um incrível terceiro melhor tempo e Michael Schumacher (Mercedes-GP) ficou na quarta colocação, aliás, sua melhor posição desde o retorno a categoria. Mark Webber (RBR) e Vettel, quinto e sexto respectivamente deixaram os analistas atônitos.

194572

A decepção ficou por conta da Ferrari e o brasileiro Felipe Massa que quase não conseguiu passar pelo Q1. No Q2 ele foi até o fim, mas ficou um segundo atrás do companheiro Fernando Alonso, que rodou, parou na brita e não terminou a seção. Massa saiu em 16º e Alonso na 12ª posição. Como era de se esperar, Bruno Senna estreando na Williams, também não foi bem e saiu da 14ª colocação.

194595

Apagadas as luzes vermelhas, Button não teve dúvidas e pulou na frente, Schumacher e Nico Rosberg (Mercedes-GP) passaram Grosjean, e o francês abandonou logo na segunda volta depois de ser tocado por Pastor Maldonado (Williams).

As RBR recuperam-se, pois Schumacher, com problemas no câmbio, abandonou e abriu caminho. Ai o talento de Vettel falou alto, o alemão terminou em segundo com Hamilton na terceira posição.          
O duelo brasileiro, Massa/ Senna pela 14ª posição terminou em batida. Felipe abandonou primeiro e Bruno depois, já que foi para a brita e o carro estava esquentando demais.

194575

Após a primeira etapa, o que se pode esperar é uma disputa entre Button, Hamilton e Vettel, não necessariamente nesta ordem. A reação da RBR, se é que ela vem, deve começar nas etapas disputadas na Europa.
E a Ferrari terá muito trabalho, pois seu carro até parece que rende bem em corrida, mas na classificação sofre. Eles contam com o talento de Alonso que sempre faz a diferença. E, para Felipe Massa, resta concentrar-se muito, buscar forças do além, e reverter esta situação, porque se não, como aparece no comercial, terá de voltar a entregar comida em Interlagos durante o GP Brasil, pois mais uma temporada pífia o time de Maranello não irá suportar.

194584

Marcaram pontos no GP da Austrália:
1º - Jenson Button
2º - Sebastian Vettel
3º - Lewis Hamilton
4º - Mark Webber
5º - Fernando Alonso
6º - Kamui Kobayashi
7º - Kimi Raikkonen
8º - Sergio Pérez
9º - Daniel Ricciardo
10º - Paul di Resta
Na próxima semana tem mais, será o GP da Malásia, no circuito de Sepang, a largada está prevista para às 5h00 no horário de Brasília.

Rapidinhas
Discurso de campeão
Um dos mais experientes pilotos em atividade, Button que conquistou um titulo em 2009 é considerado por todos os colegas de profissão ‘um boa praça’. Sempre comedido nas declarações, depois da corrida, mostrou para a então imbatível RBR que este ano eles terão trabalho. "Temos consciência de que podemos alcançar grandes objetivos com este carro", afirmou com o inimitável sotaque inglês.

Coisas de corrida
Bruno Senna fez uma estreia apagada na Williams. Envolveu-se em um acidente logo na largada e durante a prova bateu rodas com Massa. “Acho que foi um acidente de corrida. Saí melhor do que ele na curva três e não sei se o Ricciardo o empurrou. Massa encostou em mim e aí já era, não tinha muito o que fazer”, declarou sobre o acidente.

Vettel está na disputa
Problemas nos testes de inverno, apenas um sexto lugar na classificação de sábado, fez com que as atenções voltassem para os outros pilotos. Mas na corrida o bicampeão Vettel provou que vai dar trabalho e chegou na segunda posição. "Estou muito feliz por ter terminado em segundo. Conquistei bons pontos e acho que as pessoas não esperavam por isso depois do treino de sábado. O carro tem muito potencial", sentenciou depois da prova.

Postar um comentário