segunda-feira, 9 de abril de 2012

Lançamentos: Chevrolet Cruze Hatch

DSC_4980Fabricado na mesma arquitetura do sedã, a versão dois volumes usa também o mesmo motor, câmbios e calibragem de suspensões
Texto: Edison Ragassi
Fotos: Divulgação
Em São Caetano do Sul (SP), a General Motors do Brasil, reuniu a imprensa especializada nesta segunda-feira e mostrou o Cruze Hatch.
O carro é fabricado na mesma arquitetura do Cruze sedã e foi batizado como Chevrolet Cruze Sport6, para sacramentar a esportividade do modelo e que é equipado com câmbio de seis marchas.

DSC_4986

No visual dianteiro, o hatchback comparado ao sedã, ganhou detalhes cromados em volta dos faróis de neblina e um novo desenho na parte baixa do para-choque.

DSC_5006

Ao observar as laterais, a curvatura do teto se estende desde o para-brisa até os pilares traseiros, nas duas versões as rodas são de liga leve, aro 17 e pneus 225/50 R17.

DSC_5001

E a traseira, a versão hatch é 9 centímetros menor que o sedã, tem grandes lanternas com duas formas circulares niveladas a superfície da carroceria e o vidro inclinado. 
Também modelo Global, foi desenvolvido pelo time de designers baseado na Coréia, mas recebeu sugestões de outros centros de design da GM no mundo, sediados na Alemanha, Estados Unidos, Austrália e Brasil.

DSC_5279

O interior segue o conceito ‘dual cockpit’, desenvolvido para aproximar o condutor e o passageiro. Os mostradores usam luz com fundo azul, no centro do painel uma tela de 7 polegadas que mostra as funções do sistema de entretenimento, inclusive o navegador. Abaixo, foram colocados os comandos do ar-condicionado e são duas as opções de acabamento dos bancos tecido ou couro.

DSC_5643

Equipado com o propulsor 1.8 litro Ecotec6, fabricado na Hungria, entrega 144 cavalos quando abastecido com etanol e 140 cv ao usar gasolina, a 6.300 rpm. O torque máximo é de 18,9 kgfm (E) /17,8 kgfm (G), disponível a 3.800 rpm. Ele é montado com cabeçote de duplo comando de válvulas continuamente variável (Dual CVVT). O tempo de abertura das válvulas de admissão e de escape tem variação e o coletor de admissão também é variável. As bielas são forjadas, ao invés de fundidas, o cabeçote (feito de alumínio, assim como o cárter) e bloco contam com galerias internas para refrigeração especialmente desenhadas de modo que a temperatura no cabeçote seja menor, permitindo maior avanço de ignição, tudo isso para obter menor consumo.

DSC_4603DSC_5250

A direção é de pinhão e cremalheira assistida eletricamente e a transmissão pode ser manual ou automática, opção de mudanças no modo sequencial, ambas de 6 velocidades.

DSC_4698

A suspensão dianteira é do tipo McPherson e, segundo a fabricante, tem molas com um formato especial, buchas hidráulicas que fixam os braços inferiores da suspensão ao subchassi e a traseira é do tipo Z-link, um sistema composto de barra de torção especial com perfil em ‘U’, construído com duas camadas.

Os freios são a discos nas quatro rodas, os dianteiros ventilados e traseiros sólidos. O sistema ABS possui a distribuição eletrônica de frenagem e os controles de tração e estabilidade são itens de série em qualquer versão.
As peças de reposição são as mesmas tanto no modelo hatch quanto no sedã, o que facilita para o comprador na hora de realizar revisões e manutenções.

DSC_9177

O novo hatch da Chevrolet tem comprimento de 4.510 mm, distância entre- eixos de 2.685 mm e a largura total é de 2.098 mm. O porta-malas recebe 402 litros e o tanque de combustível 60, 3 litros.

DSC_4403

A versão LT manual tem preço sugerido para venda de R$ 64.900, a automática custa R$ 69.900, usa bancos revestidos em couro. Ambas são equipadas de série com: air bags duplo e laterais, faróis e lanterna de neblina, controles de tração e estabilidade, ar-condicionado eletrônico com AQS, computador de bordo, retrovisor interno eletrocrômico, externos elétricos com desembaçador, vidros elétricos, volante com comandos para acessar as funções do sistema de som, piloto automático e viva-voz através de Bluetooth, central multimídia com sistema de som AM/FM stéreo, CD Player, MP3, USB, entrada auxiliar e seis alto-falantes.

DSC_4650

Já a versão LTZ com câmbio manual custa R$ 77.400 e a automática R$ 79.400, ambas com bancos em couro e teto solar de fábrica. Além dos itens da LT vem com: retrovisores externos com rebatimento elétrico, air bag de cortina, sensor crepuscular, rodas 17 com design exclusivo, sensor de estacionamento, acionamento do motor através de interruptor Start-Stop no painel, central multimídia com tela LCD de sete polegadas e Navegador GPS integrado com sistema de som AM/FM stereo, CD player, MP3, USB e entrada auxiliar.

DSC_4419

A expectativa da General Motors do Brasil é de comercializar 13 mil unidades/ ano do Chevrolet Cruze Sport6, e a exemplo do que ocorre com o sedã, a maioria equipados com o câmbio automático.

Postar um comentário