domingo, 9 de setembro de 2012

Aceleradas: GP Itália – Monza a pista da redenção

208159Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta, Felipe Massa conseguiu largar em terceiro, Alonso foi para o pódio e Sérgio Pérez chegou em segundo

Por: Edison Ragassi

Depois da movimentada corrida em Spa-Francorchamps, a F-1 foi para a mítica pista de Monza na Itália. E lá a McLaren era favorita, pois os carros da Ferrari não são bons em velocidade final na reta e a RBR ainda não encontrou seu melhor acerto depois que a FIA proibiu o mapeamento do 360motor que eles vinham utilizando.

Nos treinos classificatórios deu a lógica: Lewis Hamilton (McLaren) cravou a pole, seguido de perto por seu companheiro Jenson Button, vencedor da prova passada. O que destoou foi a terceira posição de Felipe Massa (Ferrari) e Fernando Alonso (Ferrari) o líder do mundial, na 10ª colocação.

208172

Dada a largada, um Felipe Massa agressivo, que há muito não víamos, foi pra cima e passou Button, ficando lado a lado com Hamilton, mas tirou o pé, pois percebeu que o inglês abusado não venderia barato a liderança.

Massa conseguiu manter distancia de Button, mas na 19ª volta, não resistiu ao ataque do inglês e foi ultrapassado, essa foi a deixa, ele parou na volta seguinte e trocou os pneus.

Enquanto isso, Alonso vinha fazendo sua corrida agressiva de recuperação, logo na segunda volta estava na sexta posição. O espanhol brigou muito com Sebastian Vettel (RBR) e o alemão foi punido com um drive through. Foi uma questão de tempo até Alonso chegar em Massa e o brasileiro não mostrou resistência, deixou o espanhol passar.

208156

Ai me desculpe Galvão Bueno, Reginaldo Leme e Luciano Burti, a torcida brasileira e acredito que nenhuma do mundo aceita esse tipo de atitude. Não adianta falar que é assim mesmo, o Alonso tá na briga pelo título e blá, blá, blá, blá..., o Felipe deixou passar e pronto! Não é o que queríamos, mas sabemos que é assim. Por isso o Massa deveria aproveitar este fim de contrato e buscar novos ares, até em uma equipe média como a Force India ou a Sauber. Mas pelo jeitão da coisa, ele deve ficar mesmo na Ferrari sendo o fiel escudeiro de Alonso e titulo pro Brasil, vai demorar um pouco.

Bela corrida de recuperação fez Bruno Senna (Williams), o brasileiro na largada pulou para o 10º lugar, bateu rodas com Nico Rosberg (Mercedes-GP) e Paul di Resta (Force India), mas mesmo assim conseguiu terminar na zona de pontuação, pois ultrapassou Daniel Ricciardo (STR) na última volta.

208197E o mexicano Sergio Perez (Sauber) chegou na segunda posição, depois de largar em 12º. Ele optou por apenas um pit stop e quando chegou em Massa e depois Alonso, passou sem sofrer resistência.

O final foi bom para todos. Hamilton venceu, Felipe terminou na quarta colocação, na melhor prova que fez nesta temporada. Alonso somou preciosos pontos com a terceira posição e dois de seus principais rivais na luta pelo título não pontuaram, Vettel e Mark Webber (RBR) e ainda quem poderia atrapalhar, que é o caso de Button, não fez, pois ficou pelo caminho.

Marcaram pontos no GP da Itália:

1º- Lewis Hamilton

2º- Sergio Pérez

3º- Fernando Alonso

4º- Felipe Massa

5º- Kimi Raikkonen

6º- Michael Schumacher

7º- Nico Rosberg

8º- Paul di Resta

9º- Kamui Kobayashi

10º- Bruno Senna

208178No campeonato, Alonso é o líder com 179 pontos, Hamilton está em segundo tem 142 pontos. Kimi Raikkonen soma 141 em terceiro e Vettel é o quarto, tem 142 pontos.

A Ferrari ainda não é o melhor carro da temporada e tem o melhor piloto da categoria, vai ser difícil tirar este titulo do Alonso, mas não podemos esquecer que na próxima etapa dia 23 de setembro, o GP de Cingapura, Romain Grosjean (Lotus), está de volta, ele não correu porque foi suspenso pela lambança que aprontou na Bélgica, e aí tudo pode acontecer!

Rapidinhas

Volta por cima

A grande surpresa da temporada foi o retorno do finlandês Kimi Raikkonen na Lotus. Diferente de outros pilotos que param e voltam e tem desempenho ruim, o ‘Ice Man’ vem fazendo um bom trabalho e já está em terceiro no campeonato, mas ele sabe que o titulo é difícil. “É bom ir para a terceira posição no campeonato de pilotos, mas perdemos alguns pontos para Fernando, o que não é o ideal”, declarou depois da prova.

Hamilton na Mercedes

Começou a circular o boato de que Michael Schumacher deixa a F-1 na próxima temporada e a Mercedes-GP já escolheu o substituto, o inglês Lewis Hamilton. Caso venha a confirmar, será muito bom para a categoria e ai vamos descobrir realmente a capacidade de Lewis para acertar carros e comandar um time na disputa pelas primeiras posições.

Estratégia é tudo

Mais uma vez o mexicano Sergio Pérez foi destaque em uma prova. Depois de largar em 12º terminou a corrida em segundo. Ele optou em fazer uma só parada. “Não tive vida fácil na primeira metade da prova com os pneus duros, mas foi com certeza a estratégia certa. Tudo funcionou bem, pude ficar na pista o quanto precisei", afirmou.

Postar um comentário