domingo, 4 de novembro de 2012

Aceleradas: GP de Abu Dhabi – Raikkonen vence e Vettel faz a melhor corrida da carreira

212822O finlandês da Lotus conquistou a primeira vitória na temporada, Fernando Alonso chegou em segundo, mas o herói foi Vettel que largou em último para terminar em terceiro

Por: Edison Ragassi

Depois dos treinos classificatórios do sábado, tudo indicava que a diferença em pontos entre Sebastian Vettel (RBR) e Fernando Alonso (Ferrari) aumentaria a favor do alemão, pois ele largaria em terceiro, enquanto que o espanhol marcou só o sétimo tempo.

212844

No final da volta de classificação, Vettel parou sem levar o carro aos boxes. Os fiscais verificaram e constataram que tinha menos de um litro de gasolina no tanque. Ai foi punido e largou na última posição.

O problema ofuscou a pole marcada de maneira soberba por Lewis Hamilton (McLaren). Ao apagar das luzes vermelhas, a surpresa foi Kimi Raikkonen (Lotus) aparecer na segunda posição e Alonso que ganhou duas posições de uma vez ao passar Mark Webber (RBR) e Jenson Button (McLaren).

212890

Vettel que saiu de trás andava como alucinado, mas envolveu-se em um pequeno toque com Bruno Senna, logo na largada, o que danificou a asa dianteira do carro do alemão.

Ele manteve-se na pista assim mesmo e andando forte até que na nona volta Nico Rosberg (Mercedes-GP) acertou o carro de Narain Karthikeyan (Hispania). O alemão decolou e parou na barreira de pneus. Resultado, safety-car na pista, e Vettel foi trocar o bico e os pneus, voltando nas últimas posições.

212860

Na 21ª volta, Hamilton, que liderava a corrida de maneira bem folgada, parou! Raikkonen assumiu a ponta e Alonso ultrapassou Pastor Maldonado (Williams) chegando a segunda colocação.

Vettel vinha de trás e foi ajudado por mais uma entrada de safety-car, pois Romain Grosjean (Lotus), Sergio Pérez (Sauber), Paul di Resta (Force India) e Mark Webber (RBR) envolveram-se em acidente.

212870

Com a corrida retomada, Vettel protagonizou um belo duelo com Button e levou a melhor, assumindo a terceira posição. Enquanto isso Alonso pressionava Kimi, mas não teve tempo para chegar e passar.

Felipe Massa também fez uma ótima corrida. Com um carro mais lento que o de Alonso, ganhou uma posição na largada (saiu em oitavo), durante a prova, para evitar o choque em Webber, rodou, fez o carro girar no próprio eixo e voltou pra pista. Apesar de perder verias posições conseguiu recuperar-se terminar em sétimo.

212894

Quase a mesma situação passou Bruno Senna (Williams). Ele largou em 14º, foi tocado na largada e caiu para a última posição. Andou forte chegou a figurar em quinto, mas precisou trocar pneus. Terminou na oitava colocação.

Agora o campeonato tem dois postulantes ao titulo Vettel com 255 pontos e Alonso que soma 245 pontos, em terceiro aparece Raikkonen com 198 pontos.

212813

Marcaram pontos em Abu Dhabi

1º- Kimi Raikkonen

2º- Fernando Alonso

3º - Sebastian Vettel

4º- Jenson Button

5º- Pastor Maldonado

6º- Kamui Kobayashi

7º- Felipe Massa

8º- Bruno Senna

9º- Paul di Resta

10º- Daniel Ricciardo

Diferente do que ocorreu em outras situações parecidas, em que Vettel largou de trás e teve que brigar por posições e não se deu bem, errou e até ficou fora, desta vez o alemão mostrou que refinou muito sua pilotagem. Por ter o melhor carro é favoritíssimo a ficar com o titulo desta temporada. Por outro lado, seu rival direto na disputa, Alonso é o melhor piloto em atividade. A Ferrari tem quase duas semanas para trabalhar e melhorar o carro, ou seja, as duas últimas provas que serão disputadas nos Estados Unidos e Brasil prometem muitas emoções. Você aposta em quem? Dia 18 de novembro no novo circuito de Austin tem mais.

Rapidinhas

Trabalho de equipe

O espanhol Fernando Alonso não perde uma oportunidade para motiva o time. No pódio sinalizava para os integrantes que na próxima corrida vem a vitória e na coletiva exaltou o trabalho de todos."Devemos estar orgulhosos do que temos feito: o trabalho dos mecânicos na pista e os engenheiros que tentaram afinar o carro. Lutei do começo ao fim", declarou

Sem condições de lutar

Felipe Massa terminou na sétima posição, depois de rodar para não bater. Recuperou o lugar, mas não pode lutar por ultrapassagens."Eu tive problemas com o equilíbrio do carro. O duelo com o Webber foi o momento vital, pois significou perda de muitos lugares em um ponto crucial da corrida", falou o brasileiro.

Pelo menos os pontos

Nos treinos classificatórios Bruno Senna sofreu, todos os problemas possíveis apareceram. Na corrida sofreu um toque foi pra último e ainda marcou pontos. "Depois de tudo o que aconteceu no sábado, tudo o que eu queria hoje era uma corrida tranquila. Não deu, mas pelo menos pude sair daqui com mais alguns pontos para a equipe", afirmou. O problema é que já circulam os boatos que ele não permanece na Williams. A única vaga razoável que resta é a da Force India, se eu fosse ele já estaria negociando.

Postar um comentário