segunda-feira, 25 de março de 2013

Aceleradas: GP Malásia – E Vettel vence a primeira

219609

Alemão da RBR conquista a primeira vitória do ano depois de desrespeitar ordem da equipe em um GP onde a estratégia ditou o ritmo da corrida

Por: Edison Ragassi

Como era de se esperar, a chuva chegou no circuito de Sepang antes da largada e causou uma baita confusão para os estrategistas das equipes preparadas para disputar a segunda etapa do mundial de F-1 na Malásia (domingo 23/03).

O gride estava muito favorável para o alemão tricampeão Sebastian Vettel (RBR) com a pole, Felipe Massa (Ferrari) saindo na segunda posição e Fernando Alonso (Ferrari) na terceira colocação.

219585

Dada a largada, todos os pilotos saíram com pneus intermediários, Massa não foi bem. Para fazer a primeira curva sem sofrer toques, tirou o pé e deixou Alonso passar. A manobra custou várias posições ao brasileiro, ele foi parar na sexta colocação.

219593

E Alonso acelerou para brigar pela ponta, mas tocou no carro de Vettel e perdeu um pedaço do bico. A pista começava a secar e o espanhol resolveu ficar mais um pouco para trocar a peça danificada e também os pneus. A asa dianteira não resistiu e tirou Alonso da prova. Caminho aberto para Massa, que não conseguiu aproveitar a situação, pois seu carro não tinha o mesmo ritmo dos ponteiros.

219606

Vettel também sofreu no começo da prova, pois trocou os pneus muito cedo e teve problemas de aderência, isso fez Mark Webber (RBR) assumir a ponta e mantê-la até a volta 46, quando fez a última troca de pneus. Nesta parada, a ordem da equipe era para os dois manterem as posições e economizar os compostos e combustível. Mas o alemão não obedeceu, foi pra cima do australiano e ganhou a liderança numa bonita ultrapassagem. Nem precisa falar que Webber foi pro pódio com cara de poucos amigos.

219676

Quem também recebeu ordem, só que cumpriu foi Nico Rosberg (Mercedes- GP). Seu companheiro Lewis Hamilton segurava a terceira posição e ele vinha mais rápido em quarto lugar. Não teve dúvidas, chamou o boxe e pediu a ordem de ultrapassagens, mas ouviu de Ross Brown um sonoro não! “Eles esta andando no ritmo que eu pedi para poupar pneus e combustível”, falou o chefão pelo rádio. E quem discute!

Aliás, Hamilton protagonizou uma situação divertida, que eu nunca vi em outra corrida. Logo na primeira parada, o inglês entrou nos boxes e estacionou na vaga da McLaren. Os mecânicos atônitos ficaram fazendo sinal para ele sair. Ai ele percebeu o erro e saiu correndo para o lugar correto. Depois ele pediu desculpas ao time e disse que o erro aconteceu porque correu muitos anos pela McLaren.

219681

E a ex equipe de Hamilton deve querer esquecer este final de semana, pois o carro está difícil de guiar. Atuação discreta na classificação, Jenson Button e Sergio Perez brigaram por posições intermediárias durante toda a prova. E Button ainda teve problemas com uma porca da roda dianteira direita, assim o mexicano terminou em nono e o inglês na 17ª colocação.

Marcaram pontos no GP da Malásia

1 - Sebastian Vettel

2 - Mark Webber

3- Lewis Hamilton

4 - Nico Rosberg

5 - Felipe Massa

6 - Romain Grosjean

7 - Kimi Raikkonen

8- Nico Hulkenberg

9- Sergio Perez

10 - Jean-Eric Vergne J. Vergne

219685

Esta vitória levou Vettel ao primeiro lugar no campeonato com 40 pontos, seguido de perto pelo finlandês Kimi Raikkonen com 31. Bom mesmo foi para Massa, ele esta na quinta posição e soma 22 pontos, contra 18 de Alonso que é o sexto na competição.

A próxima prova será em Xangai dia 14 de abril. Tem tempo suficiente para evoluções nos carros e a decisão de Willams e McLaren, as duas equipes cogitam voltar a usar o carro do ano passado, pois os deste ano são sofríveis.

Rapidinhas

A chuva atrapalhou

Depois de andar muito bem nos treinos e marcar o segundo melhor tempo na classificação, Felipe Massa sofreu na corrida com o desempenho de seu carro. "A corrida de hoje foi complicada porque comecei com pneus intermediários em uma pista que estava muito úmida em alguns pontos e seca, em outros. Isso me impediu de ter um bom ritmo no início e por isso perdi tantas posições na largada", explicou o brasileiro.

Debates internos

Christian Horner, chefe da equipe Red Bull não aprovou a manobra de Vettel, pelo menos para a mídia. "Obviamente, haverá muita discussão sobre o que aconteceu no final da corrida. Nossa posição após o último pit stop foi de focar no gerenciamento da corrida até o fim e manter os nossos pneus, conseguindo levar os dois carros até o final e conquistar o número máximo de pontos. Infelizmente, por vezes interesses dos pilotos podem entrar em conflito com os das equipes. Sebastian resolveu hoje tomar suas próprias decisões e agora vamos discutir isso internamente". O que com certeza não irá resolver nada.

Humildade

Na segunda corrida pela Mercedes, Lewis Hamilton terminou em terceiro, por causa de uma ordem de Ross Brown, pois Nico Rosberg era mais rápido e poderia ultrapassar o inglês. "Toda a equipe fez um trabalho fantástico neste domingo, mas, sendo sincero, acho que Nico deveria ter subido ao pódio. Ele correu melhor que eu, estava mais rápido, mas a equipe pensou que o lógico era manter a posição pensando no Mundial de Construtores. Não posso dizer que esteja muito orgulhoso de estar no pódio, mas corridas são corridas", declarou o piloto inglês.

Postar um comentário