domingo, 9 de junho de 2013

Aceleradas: GP Canadá – A corrida mais disputada da temporada, do segundo lugar para trás

224356Vettel fez o que era esperado, largou na frente e dominou a corrida até o final. Em compensação nas posições seguintes a disputa ocorreu até a bandeirada de chegada

Por: Edison Ragassi

Em Montreal no Canadá, ficou difícil fazer algum prognostico sobre a corrida, baseado nos treinos livres e classificatórios, pois a chuva apareceu.

Com o treino classificatório comprometido, Sebastain Vettel (RBR), se deu melhor e conquistou o direito de largar na pole. A àgua do sábado fez uma vitima para a torcida brasileira, Felipe Massa (Ferrari), bateu na classificação e só largou na 16ª posição. Também revelou um herói, o estreante do ano Valtteri Bottas (Williams), largou na terceira posição.

224400

Vettel sabia que precisava de muita concentração, pois ao seu lado estava Lewis Hamilton (Mercedes-GP), e o inglesinho costuma ser muito abusado logo que as luzes vermelhas apagam. Bem, quando elas apagaram, o alemão não perdeu tempo e disparou na liderança. Ele passou por um momento de tensão, na volta 52, perdeu a concentração, saiu da pista e não perdeu a corrida ali, pois usou a perecia para voltar pra pista.

224420Vista por este ponto, a corrida até parece que foi chata, mas não foi. Massa foi um dos protagonistas das emoções, saindo de trás, pilotou com a ‘faca entre os dentes’, e veio ganhando posições na pista. Fazia tempo que não via o brasileiro pilotar de maneira tão agressiva. Dá até para pensar que se estivesse no pelotão da frente, brigaria por um lugar no pódio, da até para imaginar que se tivesse condições iguais, lutaria com Alonso pelas melhores posições, mas nós sabemos que na Ferrari não é assim.

A agressividade do brasileiro rendeu-lhe a 8ª posição, sendo que ultrapassou Kimi Raikkonen (Lotus), nos instantes finais da prova.

224409Alonso também surpreendeu, já que o circuito não era o melhor para a Ferrari, mesmo assim ele não desistiu, pilotou no limite até ultrapassar Mark Webber (RBR) e finalmente Hamilton, para terminar na segunda colocação.

224464

A conclusão destas disputas: a Mercedes foi beneficiada por ter feito testes secretos de pneus para a Pirelli, já que os carros do time consumiam muito rápido os compostos. Na corrida passada (Mônaco), isso não ocorreu e no Canadá também não. O caso será julgado pela FIA e pode trazer consequências e punições. Mas já se fala em liberar alguns testes no ano que vem.

Marcaram pontos no GP do Canadá

1- Sebastian Vettel

2- Fernando Alonso

3- Lewis Hamilton

4- Mark Webber

5- Nico Rosberg

6- Jean-Eric Vergne

7- Paul di Resta

8- Felipe Massa

9- Kimi Räikkönen

10- Adrian Sutil

224362E o campeonato tem Vettel na liderança com 132 pontos, seu principal rival na briga pelo titulo agora é Alonso que soma 96 pontos, Räikkonen aparece em terceiro com 88 pontos. Hamilton faz um bom trabalho na Mercedes com seus 77 pontos e o quarto lugar no mundial. Ainda temos Webber (69), Rosberg (57), Massa (49), P.di Resta (34), Grosjean (26) e Button (25) entre os 10 primeiros, mas com remotas chances de virar o jogo e ganhar o campeonato.

A próxima etapa será dia 30 de junho, na Inglaterra, no templo da velocidade o Circuito de Silverstone. Com três semanas de espaço, as equipes irão trabalhar, mas não muito, isso porque os projetos são para os novos bólidos de 2014, e desenvolver os carros atuais não é prioridade.

Como a RBR não é aquele bicho papão dos últimos anos, podemos esperar uma boa briga entre Alonso e Vettel. Façam suas apostas!

Rapidinhas

E Massa fica

Nesta temporada, apesar de não vencer ou marcar pole, Felipe Massa tem mostrado qualidades. Elas parecem ser suficientes para que o brasileiro continue na Ferrari. “Todos sabem que Fernando Alonso tem contrato de longo prazo e Felipe, apesar de tudo que disseram, continua conosco. Se Felipe continuar correndo como tem feito não vejo nenhum problema para o futuro. Estou absolutamente tranquilo quanto a nossos pilotos para 2014”, afirmou à reportagem do jornal o Estado de São Paulo, o Chefe da Ferrari, Stefano Domenicali.

Sabor de vitória

Se dependesse dos treinos, Fernando Alonso chegaria no máximo em sexto lugar. Mas na corrida o espanhol andou muito e terminou na segunda colocação. "Foi uma prova muito difícil e esta segunda posição tem sabor de vitória. Somamos uma boa quantidade de pontos em um fim de semana muito difícil", afirmou o espanhol depois da corrida.

A ira dos telespectadores

A Rede Globo cortou a transmissão do GP do Canadá na volta 38 para mostrar o amistoso entre a Seleção do Brasil e da França. Não é a primeira vez que eles fazem isso, porém, em outras ocasiões as pessoas tinham poucas alternativas para reclamar. Hoje em dia existe as redes sociais e sites especializados. Precisa falar que eles foram bombardeados por criticas? Bem fez a Rádio Jovem Pan, transmitiu a corrida no FM e o futebol no AM. No final, o narrador/repórter Felipe Mota, afirmou: “A Rádio que respeita você ouvinte, fã da Fórmula 1”. Parabéns para a JP. É assim que se trata seu maior patrimônio o ouvinte!

Postar um comentário