segunda-feira, 29 de julho de 2013

Aceleradas: GP Hungria –Hamilton vence e desta vez na Mercedes

228638O piloto inglês conquista primeira vitória na equipe da estrela prateada e mostra que o time evolui prova a prova

Por: Edison Ragassi

O circuito Hungaroring, onde é disputado o GP da Hungria, tem a fama de ter uma das pistas mais travadas da temporada. Alguns especialistas consideram que as retas e curvas do traçado são iguais as de um kartodromo. Mas mesmo assim a prova deste domingo (28/07) foi bem movimentada e com várias ultrapassagens.

Esta competitividade não impediu que o pole position Lewis Hamilton chegasse a sua primeira vitória na temporada pilotando o carro da Mercedes-GP e a segunda seguida em Budapeste.

228609Os treinos do final de semana davam a impressão que a RBR seria o bicho papão com Sebastian Vettel em primeiro e Mark Webber em segundo, só que quando valia mesmo, Hamilton usou toda a sua experiência e a esperteza do chefe Ross Brown para cravar a pole. Vettel não conseguiu supera-lo e Webber nem participou do Q3 porque seu carro apresentou problemas no Kers.

Outra surpresa entre os primeiros foi francês Romain Grosjean que partiu da terceira posição. E a dupla da Ferrari Fernando Alonso/ Felipe Massa conseguiu apenas a quinta e sétima posição respectivamente.

Na largada Hamilton manteve a ponta, seguido por Vettel. Alonso e Massa dispararam, mas o brasileiro tocou no carro de Nico Rosberg (Mercedes-GP) e perdeu um pequeno pedaço do bico. Mesmo assim manteve a quinta colocação. O carro andou bem até a 10ª volta, quando ele avisou os boxes do problema. Na primeira parada a equipe trocou os pneus, mas deixou a peça danificada e assim ele foi até o final da corrida.

228417Alguns pegas interessantes aconteceram, Grosjean ultrapassou Jenson Button (McLaren) em uma curva apertada e acabou cortando caminho. Foi punido por isso, depois ultrapassou Massa de maneira brilhante por dentro de outra curva. Kimi Raikkonen (Lotus) também passou Massa sem dar oportunidade de defesa ao ferrarista. E no final, Vettel que estava na terceira posição tentou passar, mas o finlandês fechou a porta para o tricampeão, que quase saiu da pista com a manobra. Ai ele contentou-se com o terceiro lugar. Webber que está se despedindo da F-1, também fez uma bela corrida e encerrou na quarta colocação.

228639

Contando os percalços, a quinta posição de Alonso e a oitava de Felipe Massa até que foi um bom negócio para o time vermelho, pois eles foram coadjuvantes durante todo o fim de semana. A Ferrari irá utilizar um novo pacote técnico em seus carros na próxima etapa, o GP da Bélgica, eles acreditam que será a arrancada para deter o avanço de Vettel, pois com estas modificações esperam solucionar o problema de não conseguir boas classificações, o que compromete no resultado final das corridas.

Apesar do tropeço em Budapeste, Vettel é o líder com 172 pontos, Raikkonen voltou ao segundo lugar ao somar 134 pontos e Fernando Alonso agora é terceiro com 135. Hamilton está com 124 pontos na quarta colocação e Felipe Massa é o sétimo com 61 pontos.

Vai ser difícil, não impossível, tirar o quarto titulo do alemão.

Marcaram pontos no GP da Hungria

1º- Lewis Hamilton

2º- Kimi Räikkönen

3º -Sebastian Vettel

4º - Mark Webber

5º- Fernando Alonso

6º- Romain Grosjean

7º- Jenson Button

8º- Felipe Massa

9º- Sergio Perez

10º- Pastor Maldonado

228602A F-1 agora esta de férias, as fabricas foram fechadas e o retorno está marcado para 25 de agosto no veloz Spa-Francorchamps onde será disputado o GP da Bélgica.

Lá todos os times terão modificações nos carros visando melhor desempenho na segunda metade da temporada. Vamos aguardar para saber se alguém conseguirá desbancar a superioridade da RBR!

Rapidinhas

Massa sai, ou fica?

Cresce os rumores de que a Ferrari não renovará com Felipe Massa, o especulado da vez é o alemão Nico Hulkenberg da Sauber. Ao ser perguntado sobre o assunto, Massa mostra tranquilidade. Essa tranquilidade acontece porque o brasileiro já tem certeza que vai ficar, ou por que sabe que acabou a responsabilidade de competir por uma equipe como a Ferrari?

Vitória importante

Contratado a peso de ouro, Lewis Hamilton chegou na Mercedes-GP com a responsabilidade de colocar o time no caminho das vitórias. Mas quem começou a ganhar foi seu companheiro de equipe Nico Rosberg. “Esta foi provavelmente uma das vitórias mais importantes da minha carreira. Não participamos do teste em Silverstone, na semana passada e chegamos aqui na retaguarda, sem expectativa de pole, e nos surpreendemos”, afirmou na entrevista coletiva após a prova.

E o Kimi sorriu!

Conhecido como o homem de gelo, o finlandês Kimi Raikkonen tem sempre um semblante sisudo. Na Hungria ele não deixou Vettel ultrapassar e na manobra quase que o alemão fica fora da prova.“Tentei me manter firme e lutei muito contra o Raikkonen. No final, estávamos mais rápidos nas duas últimas curvas, mas não conseguimos alcançá-lo na reta. Falei para ele que não fiquei feliz, mas ele apenas deu risada. Quase perdi o carro, mas a corrida é isso”, comentou o nada satisfeito Sebastian Vettel.

Postar um comentário