quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Lançamento: VW up!

linha up!Carro vendido na Europa desde 2001, o up! passou por ajustes e chega ao Brasil equipado com propulsor 1.0L de três cilindros, sem tanquinho de partida a frio

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Divulgação

Dia 05/02, em Gramado (RS ), a imprensa especializada brasileira, conheceu o up!, novo compacto da Volkswagen para competir no segmento de entrada.

Comercializado na Europa desde 2011, o design utiliza linhas quadradas, não há grade frontal, a ventilação para o motor é feita por entradas colocadas no para-choque. Ele mede 3.605 mm de comprimento, 1.910 mm de largura e 1.500 mm de altura.

red up! (3)A distância entre os eixos é de 2.421 mm e o porta-malas tem capacidade de 285 litros, seu peso total é de 910 kg. Em relação ao modelo europeu, passou por ajustes, o assento traseiro recebe três pessoas, o tanque é maior, assim como o compartimento traseiro de carga.

Ele utiliza o novo motor EA211 1.0L de 3 cilindros Total Flex, o qual estreou no Fox Bluemotion em julho do ano passado. Aceita etanol, gasolina ou a mistura dos dois em qualquer proporção e não tem tanquinho de partida a freio.

motorEste propulsor, fabricado em São Carlos (SP), entrega potência máxima de 75 cv (G)/ 82 cv (E) a 6.250 rpm. O torque máximo é de 9,7 kgfm (G)/ 10,4 kgfm (E) a 3.000 rpm. A transmissão é a MQ200, manual de cinco marchas, acionadas por cabos. A direção é mecânica na versão de entrada, mas há opção de sistema de assistência elétrica. A suspensão dianteira é independente tipo McPherson e eixo rígido na traseira.

Impressões ao dirigir

Na serra gaúcha, entre Gramado e Porto Alegre, a VW promoveu para a imprensa especializada brasileira o teste drive de seu novo compacto o up!O carro faz sucesso na Europa desde 2011, mas mesmo com a globalização, as fabricantes promovem ajustes em seus modelos para adapta-los as necessidades locais.

porta-malas (3)E com o up! não foi diferente, o fabricado aqui é maior que o europeu para acomodar cinco pessoas, tem tanque de combustível com mais capacidade e o porta-malas também.

 

black white red up! (10)A versão testada por Auto Agora foi a white up!, ao entrar no compacto a impressão é de estar em um carro muito maior do que o visto por fora.Tanto no espaço do motorista, como o do passageiro, ele acomoda bem uma pessoa com 1,80 m de altura.

O painel é reto, como se fosse uma mesa, tem boa visualização do velocímetro, já o conta-giros foi colocado do lado esquerdo, no primeiro olhar ele pode ser confundido com o marcador de combustível. Mas a confusão é desfeita ao observar que sua marcação começa no zero. Outro detalhe que chama a atenção, a saída de ar central foi colocada para cima, a ventilação está direcionada para o vidro e não para os ocupantes.

black white red up! (3)Ajustar os bancos e volante também é fácil, são várias as posições oferecidas até que se encontre a maneira mais confortável para guiar. Porém, o cinto de segurança não tem ajuste de altura independente, ele só pode subir ou descer se o proprietário do carro pedir para fazer na concessionária. Isso pode gerar algum incomodo, pois no caso do motorista ele ajusta o banco até encontrar um posicionamento correto para o cinto, já o passageiro não. E pode ocorrer o que aconteceu comigo, sentado no banco do carona, o cinto ficou posicionado no pescoço.

black white red up! (6)Ao girar a chave, a primeira impressão é boa, o três cilindros mostra-se silencioso, dócil. O engate da primeira marcha é macil e ele tem bom arranque, não parece um propulsor de1 litro.

Com ar-condicionado ligado, um equipamento essencial neste verão brasileiro, e principalmente no percurso, onde em determinados trechos o termômetro do carro mostrou 41,5 graus, saímos em direção a Porto Alegre.

white up! (4)Logo no inicio do trajeto uma subida. Como não vinha embalado e saiu da inércia, ele demorou para pegar embalo. Ao entrar na cidade, desligar o ar condicionado deslanchou. Passada este aclive começa a viagem. Em alguns lombadas e ele mostrou o bom ajuste da suspensão para enfrentar estes tipos de obstáculos encontrados em vários locais.

white up! (1)Na rodovia o desempenho é exemplar, as acelerações e retomadas, inclusive nas ultrapassagens não causa sustos, ou desconfianças. As trocas de marchas são macias e precisas, e a estabilidade também é muito boa. O up! está um patamar acima dos veículos de entrada, no quesito dirigibilidade não deixa a desejar. Atende bem as necessidades de quem procura um veículo urbano, ágil e com muito estilo.

black up! (8)Desde a versão de entrada é equipado com: limpador, lavador e desembaçador traseiro, banco do motorista com regulagem de altura, espelho no para-sol do passageiro, cintos traseiros laterais retráteis, fechadura elétrica para abertura da tampa do porta-malas. O miolo da chave gira em falso em caso de tentativa de arrombamento.

linha up! (1)São 6 opções com carroceria quatro portas: take up! (R$28.900), move up! (R$30.300), high up!(R$34.990), black up!, red up! e white up! (R$39.390). A garantia é de três anos e a VW iniciou as vendas do modelo neste mês de fevereiro.

Com carroceria duas portas, o preço inicial é de R$ 26.900, mas a venda desta versão deve iniciar em abril.

Postar um comentário