sábado, 18 de outubro de 2014

Lançamento: Lifan 530

MUN_0814
O sedã compacto é completo, traz equipamentos como o sistema de som, trio elétrico, direção elétrica, usa motor 1.5L movido a gasolina e câmbio manual de 5 marchas

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Divulgação

Dia, 16/10, em Campinas (SP), a Lifan lançou o sedã compacto 530. É o segundo veículo global da fabricante chinesa que chega ao Brasil, o primeiro foi o utilitário esportivo X60.
MUN_1086
A frente tem uma grande grade central, faróis biparábola com regulagem de altura que avançam nos para-lamas. Na parte inferior uma grade menor e aos lados lanternas de LED.

MUN_2505
O design lateral usa vincos que passam por cima das maçanetas e na parte inferior das portas. Ele tem comprimento de 4.300 mm, largura de 1.690 mm, altura de 1.490 mm, para uma distancia entre os eixos de 2.550 mm. A capacidade do porta-malas é de 475 litros e do tanque de combustível de 42 L.

MUN_2008
Na traseira, a tampa do porta-malas é ressaltada na parte superior e vinco embaixo, completa o conjunto o para-choque na cor do veículo.

MUN_2701
No interior, o painel de instrumentos usa velocímetro e conta-giros analógicos, no centro display para as informações do computador de bordo, outro display aparece na parte superior que mostra quem está sem o cinto, hora e data.

MUN_0904
O motor é movido a gasolina 1.5L VVT de quatro cilindros em linha, 16 válvulas, comando variável com correia sincronizadora, ele entrega 103 cv de potência a 6.000 rpm e 13,6 kgfm de torque a 3.500 rpm. Completa o trem de força o câmbio manual de 5 marchas.

MUN_2484
A suspensão dianteira é independente do tipo McPherson, na traseira eixo rígido e barra de torção. As rodas são de 15 polegadas equipadas com pneus 185/60 R15, e a direção usa assistência elétrica.

MUN_2578
Impressões ao dirigir
A maior qualidade do sedã compacto da Lifan é o espaço interno. Os ocupantes, tanto dos bancos traseiros e dianteiros são acomodados confortavelmente.
MUN_2752
Em uma primeira avaliação, o porta-malas também parece suficiente para os afazeres diários, como ir ao supermercado, transportar objetos em trajetos curtos e coisas do gênero. Poderia oferecer mais se as dobradiças fossem patográficas.

MUN_0927
O motor é de construção moderna, usa comando de válvulas variável. As velas utilizam bobinas individuais, recurso que oferece melhor queima do combustível e consequentemente mais economia.

MUN_0912
Diferente de outros propulsores de carros chineses, este tem correia sincronizadora no lugar da corrente. A vantagem deste sistema é que é mais silencioso, já a correia exige atenção, pois a Lifan recomenda a troca a cada 40.000 km, enquanto que a corrente geralmente é garantida enquanto durar a vida útil do motor. O sistema de arrefecimento não utiliza reservatório de expansão, ou seja, onde está acondicionado o liquido de arrefecimento não há pressão é só um reservatório.

MUN_2740
No interior, o 530 tem o painel em material plástico, os instrumentos (velocímetro/conta-giros) são de fácil visualização. Eles ficam ainda melhor quando não há luz natural. O banco do motorista é alto e ainda tem controle para abaixar e levantar.

MUN_2711
A central multimídia é fácil de entender, não há dificuldades, porém, para uma estatura de 1,80 m, há a dificuldade para visualiza-la.


A alavanca de mudanças das marchas é bem macia, com trocas rápidas, sem enroscar. Como todo o motor 16 válvulas, o arranque não é dos mais empolgantes, mas desenvolve velocidade de maneira rápida.
MUN_2744
O teste drive foi feito na via Anhanguera, em Campinas, com três pessoas dentro do carro. Em retas ele desenvolve bem, chega a 100 km/h, em quinta marcha sem esforço. Já ao encarar uma subida é preciso trocar a marcha, mostra que se tivesse um pouco mais de torque o resultado seria outro.

MUN_1774
Nas curvas, oferece boa estabilidade, mas não se deve abusar e o isolamento acústico precisa ser melhorado, o som do motor que invade a cabine, depois de um tempo incomoda.

MUN_2511
Na versão de entrada, o Lifan 530 tem preço sugerido de R$ 38.990, ele traz: ar-condicionado, trio elétrico (vidros, travas e retrovisores), chave tipo canivete com telecomando para travamento, coluna de direção com regulagem de altura, abertura interna do porta-malas e elétrica na chave, sistema de som, entre outros.

MUN_0934
A opção topo de linha versão Talent custa e R$ 40.990, ela inclui o sistema multimídia com GPS e câmera de ré. Como opcional há o Hyperpack que inclui bancos em couro e DRL (Daytime Running Light) ao preço de R$1.500,00.

MUN_7957
A expectativa da Lifan é de comercializar 1.000 unidades do 530 até dezembro, em 2015 deve chegar a 4.000 unidades/mês. Em principio as peças de reposição serão importadas, mas a empresa esta em processo de nacionalização dos principais itens.
Postar um comentário