sábado, 22 de dezembro de 2012

Bom ano para o setor automotivo

Produção e vendas de autoveículos recua em novembro, mas não compromete o resultado positivo do ano

Por: Edison Ragassi

Na última reunião com a imprensa especializada em 2012, que aconteceu dia 07 de dezembro, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou que a produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus somou 301.679 unidades em novembro. Este resultado representa queda de 5,3% em relação a outubro e crescimento de 10,5%, comparado a novembro de 2011. Já a produção acumulou queda de 2,1% ao comparar com o ano passado, o total foi de 3.083.253 unidades.

Para o presidente da Anfavea, Cledorvino Belini, os resultados foram satisfatórios, porém, poderia ser melhor. “Sempre pode ser melhor. Mas podemos dizer que foi um ano bom, o primeiro semestre começou muito ruim e depois com a redução do IPI as vendas cresceram e conseguimos um resultado maravilhoso, estávamos negativos em 4,5% até maio e devemos fechar o ano com crescimento de 5%”, declara ele.

Em 2013 entra em vigor o novo regime automotivo, o que obriga as empresas a seguir regras para conseguir redução de impostos e os fornecedores precisam atender essa demanda. Belini considera que a parceria entre as partes será essencial para atingir este objetivo. “Alguns fornecedores estão preparados e outros não, por isso é uma missão das montadoras ajudar na transferência da tecnologia para que os fornecedores possam atender as novas regras”. E sobre 2013, o presidente fala com otimismo: “vamos esperar que a indústria cresça, tenha um mercado vigoroso e que realmente a gente possa atingir as metas de crescer entre 4% a 5%”, complementa.

Já o volume de emplacamentos de automóveis e comerciais leves caiu 9,14% em novembro. Foram emplacadas 297.031 unidades contra os 326.904 veículos comercializados em outubro. Na comparação com novembro de 2011 (305.180 unidades), os segmentos registraram 2,67% de retração. No acumulado do ano, ocorreu crescimento de 6,29% entre 2012 e 2011, os números são da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

E as filiadas à Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores) encerraram o mês de novembro com 8.137 unidades emplacadas. O número é 9,9% menor na comparação com o mês de outubro, quando a entidade registrou 9.032 unidades emplacadas. Em relação a novembro de 2011 a queda é de 46,1%, quando as filiadas da entidade emplacaram 15.098 unidades. Com 119.896 veículos emplacados entre janeiro e novembro de 2012, as associadas à Abeiva registraram queda de 33,5%, ante o mesmo período do ano passado, quando os emplacamentos somaram 180.215 unidades.

Postar um comentário