quarta-feira, 26 de março de 2014

GP Austrália: Mercedes confirma favoritismo

239379Durante os testes de inverno a equipe prateada mostrou consistência, seu motor é o que mais se ajustou as novas regras e por isso venceu a primeira prova do ano

Por: Edison Ragassi

Inicio de temporada, carros e motores novos. Junte a isso o fato de que o tetracampeão Sebastian Vettel não conseguiu andar com o carro novo. Ai todos com a expectativa de que o ciclo de vitórias da RBR estava acabado. Isso foi quase confirmado nos treinos classificatórios. Lewis Hamilton (Mercedes-GP) fez a pole, com o estreante na RBR Daniel Ricciardo em segundo lugar. E Vettel só conseguiu o 12º tempo.

Muita expectativa também para a Williams, o time inglês contratou Felipe Massa, engenheiros de outras equipes, conseguiu bons patrocinadores, trocou o motor Renault pelo Mercedes e sempre esteve entre as mais rápidas nos testes de pré-temporada.

Mas a chuva atrapalhou, o carro mostrou-se bom em pista seca, com ela molhada, Felipe reclamou que não conseguiu aquecer os pneus. Isso mesmo, o problema que ele enfrentou nas duas últimas temporadas na Ferrari, aquecer pneus, voltou! E marcou o 9º tempo.

239381

Os resultados obtidos pela escuderia de Frank Williams nos testes de inverno geravam dúvidas, até especulou-se que tiraram peso do carro para andar rápido e assim assinar com o novo patrocinador. Eu penso que eles aproveitaram os recursos que tinham no ano passado para desenvolver os modelos deste ano, por isso não fizeram nada em 2013.

Pois bem, com as luzes vermelhas apagadas, brilhou a estrela de Nico Rosberg (Mercedes-GP). O alemão assumiu a ponta e seguiu assim até o final da prova. Os favoritos ficaram pelo caminho. Hamilton recebeu a ordem para abandonar e economizar motor, os times tem só 5 motores para a temporada inteira, Vettel também abandonou, o turbo do propulsor Renault de seu carro não funcionou. Felipe Massa, logo na primeira curva, caiu fora da prova. O japonês Kamui Kobayashi (Caterham), que retornou a F-1 graças a doações que arrecadou pela internet, não conseguiu frear e acertou a traseira do carro de Massa.

239416Bem sobrou para Valtteri Bottas mostrar que Williams tem um bom carro. O finlandês marcou o 10º tempo, perdeu 5 posições por que trocou o câmbio. Largou bem, fez várias ultrapassagens, inclusive no compatriota Kimi Raikkonen que voltou para a Ferrari e já estava para dar o bote em Fernando Alonso (Ferrari), quando errou. Acertou o muro, ficou sem um pneu traseiro direito. Ele foi para o boxe e voltou em último. Mesmo assim terminou em 6º lugar. Em situação normal, Massa teria trabalho para segurar o companheiro.

239384

Também chamou a atenção o desempenho Daniel Ricciardo (RBR), o australiano correndo em casa levou a torcida ao delírio, ao terminar em segundo lugar, mas foi desclassificado. Os comissários alegaram que o carro consumiu mais que os 100 quilos de combustível, o total liberado para uma corrida nesta temporada. A equipe vai recorrer. De qualquer maneira, apesar do abandono de Vettel, o resultado mostrou que a RBR não está morta. Falta alguns ajustes para a equipe brigar pela vitória.

239503E o estreante da McLaren, Kevin Magnussen superou todas as expectativas. Vindo da F-3, fez o quarto melhor tempo na classificação e terminou em terceiro. Com a desclassificação de Ricciardo, foi para a segunda posição. E o melhor para a McLaren, o sempre regular Jenson Button subiu para a terceira posição, após terminar em quarto.

239487O russo Daniil Kvyat, estreante na STR também conseguiu chegar na zona de pontuação, o que mostrou como a garotada identificou-se com estes novos carros.

Decepção para a Ferrari. Alonso tirou a diferença no braço, o carro é confiável, mas não tem velocidade. O espanhol conseguiu a quarta colocação e Raikkonen a sétima.

239399Depois da desclassificação de Daniel Ricciardo, a classificação do GP da Austrália ficou assim:

1 – Nico Rosberg

2 – Kevin Magnussen

3 – Jenson Button

4 – Fernando Alonso

5 – Valtteri Bottas

6 – Nico Hulkenberg

7 – Kimi Räikkönen

8 – Jean-Eric Vergne

9 – Daniil Kvyat

10 – Sergio Perez

239401A temporada 2014 começou bem, mas com poucas ultrapassagens. A maioria delas ocorreu nas 10 primeiras voltas. Depois disso a impressão foi que os pilotos pouparam equipamento e combustível. A próxima etapa será dia 30 de março em Sepang na Malásia. Até lá, os carros serão trabalhados, mas mesmo assim podemos esperar que a Mercedes ainda tenha o domínio.

Rapidinhas

Otimismo extremo

O brasileiro Felipe Massa está confiante e acredita que vai brigar por vitórias na Williams. "Nada é impossível. Olhando para a McLaren, definitivamente eles fizeram uma boa corrida. Eles terminaram com os dois carros em boas posições e estão liderando o campeonato de construtores. Eu diria que a Austrália era uma etapa na qual nós poderíamos ter terminado nas posições em que a McLaren terminou, aí nós estaríamos na liderança", falo Felipe Massa ao site da revista Autosport.

Faltou potência

E Sebastian Vettel explicou o porquê de ter abandonado a corrida. “Na segunda volta de apresentação, perdemos potência por alguma razão, não sabemos o porquê. Será uma temporada longa. No começo, pensei que estava bem, mas eu não tinha potência vindo da bateria e o motor falhou”, disse ele.

Mercedes tem falhas para corrigir

Depois de marcar a pole e ser considerado um dos favoritos, Lewis Hamilton precisou abandonar a prova por causa do motor. “Assim que eu fui para a pista, notei que tinha muito menos potência do que normalmente. Pediram para levar o carro aos boxes, porém, num primeiro momento, achei que dava para continuar. Depois, não teve jeito e tive de entrar”, afirmou ele.

Postar um comentário