quinta-feira, 20 de março de 2014

Grupo Randon cresceu em 2013

Complexo Empresas Randon_Caxias do SulA empresa encerrou 2013 com lucros, apesar do desempenho fraco da economia. Para 2014 a expectativa é de mais crescimento

Por: Edison Ragassi/ Fotos: Divulgação

Em 2013, o Grupo Randon obteve crescimento de 23,7% na Receita Bruta Total sobre 2012. Somou R$ 6,6 bilhões e a Receita Líquida Consolidada atingiu R$ 4,3 bilhões, o que representa avanço de 21,5% no ano, o EBITDA, lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, foi de R$ 563,9 milhões, 101,3% maior ao comparar com 2012, assim, o lucro líquido consolidado ficou em R$ 235,1 milhões.

Segundo divulgado pela empresa, um dos fatos relevantes para este resultado foi a safra recorde de grãos que elevou a produção de caminhões e veículos rebocados. “A recuperação dos volumes de produção, aliada a um conjunto de ações internas, promoveu uma soma de bons resultados para a Companhia”, declarou o diretor-presidente, David Abramo Randon.

Entre os investimentos feitos pela companhia está a aquisição das cotas da controlada Suspensys do sócio Meritor Inc., o que reintera a estratégia de crescimento e reforça o segmento de autopeças. Além disso, no ano passado, avançou o projeto de expansão da nova unidade fabril em São Paulo, com a compra do terreno que deverá abrigar a indústria de rebocados em Araraquara, o início de operação está previsto para 2015.

JOST - Foto aérea - Foto Magrão Scalco

Já as exportações alcançaram o valor de US$ 241,6 milhões, 8,6% menor que o volume de US$ 264,2 milhões no ano anterior, isso representou 12,3% da receita líquida consolidada. Em 2013 as unidades externas faturaram US$ 124,1 milhões, contra US$ 121,9 milhões em 2012.

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Geraldo Santa Catharina, comenta que os bons indicadores, inclusive na recomposição das margens, foram respaldados por vários fatores, entre os quais se destacaram a maior utilização da capacidade instalada, a estabilização da implantação do novo ERP, as adequações de estruturas administrativas e, ainda, a redução de despesas e maior diluição dos custos fixos.

Campo de Provas Empresas Randon - Foto Magrão Scalco (3)A Companhia conseguiu superar as projeções revisadas em agosto de 2013 que apontavam para uma receita bruta total de R$ 6,0 bilhões e receita líquida consolidada de R$ 4,1 bilhões, superando, também, os valores dos investimentos que foram projetados em R$ 130 milhões, mas que chegaram a R$ 287,6 milhões, em função da aquisição do controle da Suspensys.

E para 2014 a companhia espera manter o crescimento, atingir receita bruta total de R$ 6,3 bilhões e receita liquida consolidada de R$4,4 bilhões.

Postar um comentário