sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Avaliação: Captiva Sport Ecotec com novo motor e câmbio

IMG_4766

Conheça em detalhes do SUV Chevrolet que, desde 2011 usa propulsor com injeção direta na câmara de combustão e transmissão automática de seis velocidades
Por: Edison Ragassi
Fotos: José Nascimento
Em 2008, a General Motors do Brasil,iniciou a importação do Chevrolet Captiva. O SUV fabricado no México alcançou sucesso em vendas por aqui.

IMG_4741

Seu comprimento total é de 4.576 mm, para uma distância entre eixos de 2.707 mm. Tem largura total de 2.085 mm e sua altura é de 1.704 mm.

IMG_4714

No compartimento traseiro a capacidade volumétrica é de 821 litros, mas ao rebater os bancos chega a 1.586 litros.
No ano passado, o modelo recebeu modificações. A versão Sport Ecotec de entrada, passou a usar injeção direta SIDI (Spark Ignition Direct Injection) no motor 2.4 16V. O sistema injeta o combustível diretamente na câmara de combustão através de injetores localizados entre os pórticos de admissão, que passam a distribuir apenas ar.

Sua taxa de compressão é de 11,2:1 e a potência cresceu para 185 cv, ou seja, 15 cv a mais que o modelo anterior. Seu torque é de 23,8 kgfm, esta força esta disponível a 4.900 rpm.
IMG_4871

Walter Da Costa, diretor da Pardal Motors, gostou da disposição do propulsor que é todo feito em alumínio. “Ele é muito bem sinalizado, fácil para identificar os números de chassi e motor e os reservatórios dos líquidos”, comenta. O reparador também considera que os acessos ao filtro de ar, velas, fusíveis, local para realizar a carga de gás do ar-condicionado, também ocorre de maneira fácil, isso porque o SUV tem um ótimo espaço no cofre do motor.

IMG_4738

Além do propulsor, o Captiva Ecotec recebeu a transmissão automática/sequencial de seis velocidades com a opção Active Select e o Eco Mode, que é acionado por meio de um botão no console central, ao lado da alavanca. O dispositivo atua no gerenciamento do câmbio e motor, ele proporciona trocas de marcha com maior economia de combustível, em rotações mais baixas.
IMG_4821
Na dianteira, o sistema de suspensão do Captiva é independente, tipo McPherson, com barra de torção, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás.

IMG_4844

E na traseira é independente, com quatro braços articulados, barra de torção e o mesmo tipo de amortecedores da frente.
Antônio Simão Domene, diretor da Auto Check-Up, avalia os sistemas de suspensões do Chevrolet Captiva como de fácil de reparo. “Para substituir os amortecedores e molas dianteiros e traseiros não há necessidade de ferramentas especiais. A barra de direção esta preparada para entortar, no caso de uma colisão, sem danificar outros componentes e a manga de eixo é de alumínio, o que deixa o conjunto mais leve e resistente. Mas ao reparar a suspensão traseira é preciso cuidado, pois ela necessita de alinhamento”, explica.

IMG_4840IMG_4800

O sistema de freios usa discos ventilados dianteiros com 296 x 29 mm e 303 x 20 mm na traseira e antibloqueante (ABS). O diretor da Auto Check-Up disse que estes itens são fáceis de substituir e não exigem ferramentas especiais. “A dificuldade aparece se for preciso substituir as pinças dos freios, pois é preciso drenar todo o sistema”. Além disso, o freio de estacionamento passou a ser elétrico e não há mais a alavanca, ela foi substituída por um botão, o que ampliou o espaço dentro do veículo.
IMG_4864

Ainda sobre os itens que integram o sistema de suspensão, tanto Walter Da Costa ( foto direita), como Antônio Simão (foto esquerda), concordam que, para substituir as buchas é necessário realizar o serviço com o carro no chão, o que mantém a deformidade negativa e positiva do sistema.

IMG_4776

Esta opção do Captiva com propulsor 2.4 16V ficou melhor, mais esperto que a versão anterior. O novo motor com injeção direta é silencioso, responde prontamente as necessidades de força e potência que se espera de um veículo deste porte.

IMG_4733

O câmbio de seis marchas esta bem ajustado, ele oferece trocas macias e precisas, sem trancos e boas reações nas acelerações e retomadas. Quem dirigiu o outro modelo, ao andar neste, sente a diferença, pois ele evoluiu em conforto, desempenho e economia de combustível.

IMG_4717IMG_4718

O SUV Chevrolet vem equipado com ESP (controle eletrônico de estabilidade) e TCS (sistema de controle de tração). A direção é hidráulica, de fábrica sai com trio elétrico, sistema de som e ar-condicionado.

IMG_4797

O Captiva Sport Ecotec tem preço sugerido para venda de R$ 90.299. E a versão com propulsor 3.0L V6 24V  custa R$ 96.774 e com tração AWD R$100.774, neste caso tem também câmera de ré.
Colaboraram:
General Motors do Brasil, Concessionária Chevrolet Aba Higienópolis e Auto Check-up

Custos de peças e serviços Captiva Ecotec
Amortecedores dianteiros: R$ 433,00 -cada
Serviço: R$ 271,37                                      
Amortecedores traseiros: R$ 270,31-cada
Serviço: R$ 54,27                                     
Discos de freios dianteiros: R$ 425,47 -cada
Serviço: R$141,11                                        
Jogo de pastilhas dianteiras: R$ 395,43-cada
Serviço: R$ 108,55
Discos de freios traseiros R$ 240,00 -cada
Serviço: R$ 108,55                                   
Jogo de pastilhas traseiras: R$ 401,55
Serviço: R$ 65,13
Óleo/ Litro: R$ 23,80- Litro
Serviço: ---------                     
Filtro de óleo: R$ 42,29-cada
Serviço:-----------
Filtro de ar: R$ 50,94
Serviço: 32,56
Filtro de combustível: Interno ao tanque
Filtro anti-polén: R$ 93,70
Serviço: R$ 54,27
Velas: R$ 58,35- cada
Serviço: R$ 43,42- cada

Ficha técnica
Chevrolet Captvia Sport Ecotec 2011

Motor
Modelo: LAF 2.4L SIDI
Disposição: transversal
Número de cilindros: 4 em linha
Cilindrada (cm3): 2.384
Válvulas: DOHC, quatro válvulas por cilindro
Injeção eletrônica de combustível: S.I.D.I. (Spark Ignition Direct Injection)
Taxa de compressão: 11,2:1
Potência máxima líquida: 185 cv a 6.700 rpm
Torque máximo líquido: 23,8 kgfm a 4.900 rpm
Combustível: Gasolina
Transmissão
Modelo: Hydra-matic 6T45 FWD
Automática de 6 velocidades com duas programações (automática e sequencial), tração dianteira
Suspensão
Dianteira: McPherson, independente e barra de torção, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás
Traseira: Independente, quatro braços articulados e barra de torção, amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados a gás
Direção: Hidráulica
Freios
Tipo: Discos ventilados dianteiros e traseiros, sistema de freios antibloqueante (ABS)
Diâmetro x espessura (mm): Dianteiro: 296 x 29; traseiro 303 x 20
Rodas/Pneus
Rodas: 17 x 7 – Alumínio
Pneus: P235/60 R17
Dimensões/Pesos
Distância entre eixos (mm): 2.707
Comprimento total (mm): 4.576
Largura carroceria (mm): 1.850
Largura total (mm): 2.085
Altura (mm): 1.704
Capacidades
Porta-malas (litros): 821 a 1.586
Tanque de combustível (litros): 73

Postar um comentário