terça-feira, 9 de outubro de 2012

Aceleradas: GP Japão- A corrida de Felipe Massa

210186

O piloto brasileiro da Ferrari subiu no pódio e Vettel venceu, como Alonso não marcou pontos, o campeonato está embolado!

Por: Edison Ragassi

Que o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) é o melhor piloto em atividade na F-1, quase ninguém discorda. E que ele também tem muita sorte, quase todos que acompanham o esporte concordam. Mas parece que, para delírio de Bernie Ecclestone, a sorte está abandonando o bicampeão. Por duas vezes nesta temporada ele deixou de marcar pontos, por erro de outros.

210201

A primeira foi em Spa-Francorchamps, quando Romain Grosjean (Lotus) voou por cima da Ferrari do espanhol e a segunda neste GP do Japão, disputado no domingo (07/10). E desta vez foi o carro de Kimi Raikkonen (Lotus) que furou o pneu do monoposto de Alonso obrigando- o a deixar a corrida.

Sebastian Vettel (RBR), que largou na pole e não tinha nada a ver com as confusões da largada, aproveitou para manter a posição e distanciar-se do segundo colocado.

210256

Com muita pericia o brasileiro Felipe Massa que saiu na 10ª posição, livrou-se dos acidentes e pulou para a quarta colocação. Pilotando num ritmo alucinante, aproveitou a primeira parada para troca de pneus e assumiu a segunda colocação, a qual não perdeu mais.

Não poderia ser diferente, o japonês Kamui Kobayashi (Sauber), correndo em casa, completou o pódio na terceira colocação, após ser pressionado nas últimas voltas por Jenson Button (McLaren) e levou a torcida ao delírio.

210202

Depois desta prova, Alonso continua na liderança da competição com 194 pontos, enquanto que Vettel é o vice-líder somando 190 e o terceiro colocado é Kimi Raikkonen com 157 pontos.

Alonso reclama e pede providências, ele precisa de um carro melhor, pois dependendo da pista, a Ferrari é a quarta força, RBR, McLaren e as vezes a Lotus superam o time vermelho.

No Japão se Alonso (eu sei que ‘se’ não ganha corrida), não ficasse fora, seria ele o segundo colocado. O espanhol ainda pode conquistar o terceiro titulo. Ele é muito mais experiente que o alemão e consegue extrair um algo a mais do carro. Agora o que não dá pra prever é quando os outros irão tirá-lo da corrida.

210187

E a situação de Massa, como fica? Depois deste segundo lugar é bem provável que renove o contrato por mais uma temporada e continuará como fiel escudeiro de Alonso.

Marcaram pontos no GP do Japão:

1º -Sebastian Vettel

2 º -Felipe Massa

3 º - Kamui Kobayashi

4 º - Jenson Button

5 º - Lewis Hamilton

6 º - Kimi Raikkonen

7 º - Nico Hulkenberg

8 º - Pastor Maldonado

9 º - Mark Webber

10 º - Daniel Ricciardo

No próximo domingo tem mais, a 16ª etapa acontece na Coreia do Sul, mesmo horário do Japão, e depois, tem Índia, Abu Dabi, Estados Unidos e Brasil.

A disputa ficou acirrada e imprevisível, em quem você aposta para ser o campeão 2012?

Rapidinhas

Segundo lugar com gosto de vitória

Felipe Massa não subia ao pódio desde o GP da Coreia em 2010, quando terminou em terceiro lugar. Depois da corrida, sua declaração foi de alivio: "Foi uma corrida fantástica! Estar de volta ao pódio depois de quase dois anos é ótimo e me sinto muito feliz. Foram dois anos difíceis para mim e, às vezes, um milhão de coisas passam por sua mente, algumas delas ruim, mas finalmente eu posso estar feliz! É um resultado importante psicologicamente e também em termos de meu futuro, pelo menos eu penso assim!

Punição injusta?

Bruno Senna largou na 16ª posição bateu em Nico Rosberg na largada e teve que parar nos boxes para trocar o bico do carro. Como se não bastasse, foi considerado culpado pelo acidente e foi punido com um drive-through, mas Bruno não concordou com a punição. "Não tenho a menor ideia do que aconteceu por ali. Eu estava por dentro e, no meio da confusão, o Rosberg veio para cima de mim e fiquei sem ter para onde ir. Nos tocamos, mas eu não tinha o que fazer. Não entendi porque tomei o drive-through", afirmou

A Mclaren vem forte

Além de ter que se preocupar com os pilotos da RBR, Alonso também enfrenta a motivação de Jenson Button, "nós tivemos uma corrida forte no Japão, agora espero que possamos manter este momento durante os treinos e a corrida no fim de semana que vem", declarou o piloto que chegou em quarto lugar. Outro bastante otimista para a corrida da Coreia é Lewis Hamilton, quinto no Japão. “Coloquei o carro na pole ano passado. Foi muito significativo para mim, estava tentando o ano todo uma pole. Na corrida, infelizmente, não tínhamos carro para segurar o Sebastian".

Postar um comentário