segunda-feira, 27 de julho de 2009

GP da Hungria: Uma nova temporada

Hamilton_133404Os carros da Brown GP perderam a hegemonia, e a McLaren e Ferrari evoluíram, assim, o titulo que parecia certo, pode mudar de mãos
Não tem como fugir, o automobilismo é movido a dinheiro, muito dinheiro. E pelo jeito, dinheiro, é o que está faltando para que a Brown GP consiga os títulos de pilotos e construtores na Fórmula 1.
A primeira vitória da temporada de Lewis Hamilton (McLaren), conquistada no GP da Hungria, com o finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari)
Pódium_133403 em segundo, serviu para mostrar que as equipes grandes evoluíram e já encostaram na Brown e Red Bull. A terceira posição ficou com Mark Webber (Red Bull), o quarto lugar foi de Nico Rosberg (Williams), enquanto que Heikki Kovalainen (McLaren), chegou em quinto, o sexto foi Timo Glock (Toyota), em sétimo ficou Jenson Button (Brawn GP) e Jarno Trulli (Toyota) terminou em oitavo.
Nos treinos classificatórios de sábado, já dava pra notar que o GP húngaro seria um divisor de águas. Primeiro a fatalidade com Felipe Massa (Ferrari). Uma pequena mola soltou-se do carro de Rubens Barrichello (Brown GP), e por força do destino, já
Mola_133358 que este acidente é uma daquelas coisas que não tem explicação, pois, com tanta pista e espaço no carro, acertou justamente o capacete do brasileiro, no local mais frágil, ou seja, a viseira!
Bem o restante todos sabem, Massa foi levado ao hospital e, segundo as informações da noite de domingo, na segunda pela manhã os médicos tirariam Massa do coma induzido para exames. Nem precisa falar que torço pela rápida recuperação de Massa.
E vamos voltar à corrida, ou melhor, ao treino classificatório, o qual terminou com uma não confirmada pole de Fernando Alonso (Renault). Isso porque ocorreu uma pane no sistema de cronometragem, e demorou para sair o resultado oficial. 
Largada_133361Na largada, o espanhol conseguiu manter a ponta, mas foi traído pela equipe no primeiro pit stop. Ao voltar à pista, primeiro soltou uma calota, e depois a roda. Este acidente provocou punição ao time que está proibido de participar da próxima corrida, o GP da Europa, no circuito urbano de Valência, na Espanha, dia 23 de agosto.
Hamilton que largou na quarta posição aproveitou-se dos abandonos de Alonso e Vettel (Red Bull) e dos problemas enfrentados por Webber na primeira parada para abastecimento e troca de pneus. Assim, agora o campeonato de construtores tem a Brown GP na primeira posição com 114 pontos, e a Red Bull 98,5 pontos. No campeonato de pilotos, Button tem 70 pontos, Webber 51,5 pontos, Sebastian Vettel 47 e Barrichello 44.
Rubinho_133494Outra vez Ross Brown prejudicou Rubinho, fez o brasileiro largar com tanque cheio, para fazer só uma parada. No meio da corrida mudou a estratégia para duas, porque se parasse uma só vez, chegaria na frente do inglês. Resultado, Barrichello foi só o 10º colocado.
Até a próxima etapa a Fórmula 1 está em férias, mas as equipes que tem condições irão trabalhar em novos componentes para o GP da Europa. E se Ross Brown quer ver sua equipe entrar para a história como estreante e campeã, terá que pedir dinheiro emprestado, ou arrumar um novo patrocinador. Isso porque está evidente, falta verba para desenvolver o carro, e assim seus pilotos ficam para trás.
Rapidinhas
Descaso total

A corrida em andamento, Alonso abandonou, mas Nelsinho Piquet tentava chegar na zona de pontuação, e a imagem da TV mostra Flavio Briatore indo embora, carregando uma pasta. O Chefão da equipe Renault, não está nem aí com o brasileiro. Alguém tem que ser o culpado pelos resultados ruins do time, e este alguém é Piquet.
Mais segurança
Em 1994 Rubens Barrichello estava em Imola, quando morreram o austríaco Roland Ratzenberger e Ayrton Senna, e o próprio Rubinho sofreu um acidente. "Não acredito em coincidências. As coisas acontecem por uma razão, e acho que o caso do Felipe foi uma segunda mensagem. Em Imola, tivemos uma mensagem e os carros foram melhorados. Agora, já perdemos um garoto, e isso é terrivelmente triste", alertou o Barrichello. O garoto a que se referiu é o inglês Henry Surtees de 18anos, ele morreu numa prova da F-2 em Brands Hatch, ao ser atingido na cabeça por uma roda que se soltou.
Solidariedade
Homenagem_Massa133504Os pilotos da F-1 gravaram um DVD, o qual será mostrado a Massa para ajudar em sua recuperação. E a Ferrari ofereceu a corrida ao brasileiro. "Kimi fez uma corrida extraordinária. Estou feliz por ele, e agora pensamos em Felipe, a quem dedicamos este pódio", afirmou Stefano Domenicali, diretor do time.

Postar um comentário